5 passos para espantar a depressão e ser feliz

publicado no Só Notícia Boa

O pesquisador americano Shawn Achor passou por uma depressão e contou como saiu dela: com a ajuda de técnicas para mudar a maneira com que seu cérebro registrava o mundo.
Virou best-seller com o livro “Happiness Advantage”, publicado no Brasil: “O jeito Harvard de ser feliz” (Editora Saraiva).

ser_feliz_depressao_close

E ele resumiu cinco ações que tomam pouquíssimo tempo e podem aumentar o bem-estar imediatamente.

Agradeça por 3 coisas

Gaste dois minutos por dia pensando em três coisas positivas que aconteceram nas últimas 24 horas. Assim, o cérebro é treinado para buscar situações positivas em vez de buscar só as negativas. Funciona apenas se pensar em coisas bem específicas. Ele cita o exemplo: “Obrigada por meu filho” não funciona, mas sim algo como “estou grata porque meu filho me abraçou e isso mostra que ele me ama”. Tem que explicar o agradecimento.

Relembre experiência positiva

Gaste mais dois minutos lembrando, com o máximo de detalhes, uma experiência positiva das últimas 24 horas. O cérebro não distingue algo vivido de algo lembrado. Achor conta que realizou esse teste com pacientes com doença crônica neuromuscular, fadiga crônica e dores por seis semanas. Seis meses depois, foi possível reduzir em 50% a medicação contra dor desses pacientes

15 minutos de exercícios físicos

O pesquisador explica que esse pequeno tempo se exercitando é o equivalente a tomar antidepressivos por seis meses, mas com uma taxa de 30% menor de recaída nos próximos dois anos

Respire, só respire, por dois minutos

Essa técnica ele usou com os funcionários do Google, onde deu palestra. Eles saíram da multitarefa para apenas inspirar e expirar. O resultado: aumento da precisão, felicidade e queda do estresse

Ponha sua gentileza em prática

Também demora apenas dois minutos e ele considera a técnica mais poderosa. Pode ser um e-mail, uma mensagem de celular, uma ligação reconhecendo, ou agradecendo alguém do seu círculo social. Ele enfatiza que a conexão social é a maior responsável pela felicidade a longo prazo

Foram 23 minutos no total.

Se não der pra fazer as 5 técnicas, tudo bem, segundo Achor, mas também não quer dizer que praticar as cinco vai deixar alguém cinco vezes mais feliz.
Mas “ter vários hábitos aumenta e sustenta o efeito positivo”. Aliás, para ele, a felicidade está no aqui e agora… e não em metas que sempre ficam mais distantes. Lembre-se disso.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for 5 passos para espantar a depressão e ser feliz

Deixe o seu comentário