Design além do quadrado em 5 álbuns de música

publicado no Plugcitários

A era digital proporcionou uma série de mudanças no comportamento de consumo dos aficionados por música. Mesmo com as plataformas por streaming, a compra de música digital e o download pirata. Ainda existe uma galera que prefere as mídias físicas, como o CD e o bom e velho disco de vinil.

Tirar o plástico da embalagem, sentir a textura do encarte, a ansiedade antes de tocar o CD ou vinil pela primeira vez, tudo isso é como um ritual para os mais românticos. Quando eu era criança (isso não faz muito tempo) eu olhava as capas psicodélicas dos discos do Pink Floyd, produzidas por Storm Thorgerson, e aquelas imagens aguçavam a minha curiosidade. Acredito que algumas das primeiras impressões que se tem de uma banda ou artista são causadas pela capa do seu disco.

Pensando nisso, no post de hoje vamos do som ao visual. Como assim?! Uma ideia muito massa, mostra como seria a capa de alguns álbuns clássicos, além do quadradinho (nada a ver com o quadrinho de 8) seria uma continuação imaginária que ultrapassa o limite dos cenários das capas como as conhecemos, transcendendo o contexto inicial do layout.

Numa viagem no tempo (em todos os sentidos possíveis e imagináveis), através das capas de álbuns famosos, partindo de Off The Wall do “Rei do Pop” a Justin Biebier, passando pelo icônico Nevermind do Nirvana, podemos ver o resultado deste trabalho surpreendente e criativo e que mostra também a evolução do design através das décadas.

Acho que o cara que imaginou tudo isso estava ouvindo um som com o volume nas alturas. Dá uma sacada!

imagem-01

imagem-03

imagem-04

imagem-05

imagem-06

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Design além do quadrado em 5 álbuns de música

Deixe o seu comentário