Jovem congela cérebro após ser diagnosticada com câncer

publicado na Época Negócios

Uma jovem norte-americana de 23 anos resolveu congelar o seu cérebro após ser diagnosticada com câncer no órgão e os médicos lhe darem no máximo mais dois anos de vida. Kim Suozzi tomou sua decisão com a esperança de que a ciência seja capaz, um dia, de curar a doença e fazer sua mente voltar a funcionar. O resto de seu corpo, no entanto, não foi congelado.

kimsuozzi

Kim era estava tão comprometida com a iniciativa que chegou a deixar de comer e beber quando o tumor aumentou, no intuito de acelerar sua morte e evitar maiores danos ao órgão. A jovem faleceu em 2013.

Por se tratar de um procedimento caro, Kim recorreu ao site Reddit para levantar os US$ 80 mil necessários para a preservação de seu cérebro. Há cerca de três anos ela gravou vídeos retratando sua situação e pedindo o dinheiro. Na campanha, ela pedia ajuda para encontrar paz ao morrer tão jovem.

Josh Schisler, namorado de Kim, foi quem ficou responsável por acionar um grupo de cientistas da fundação sem fins lucrativos Alcor Life Extension, que se responsabilizou por preservar o cérebro de Kimpós sua morte.

“Eu acho que vale a pena tentar preservar Kim”, disse Schilsler ao The New York Times sobre os riscos e as incertezas que envolvem a iniciativa.

A própria Kim, antes de falecer, mostrou-se ciente de que congelar seu cérebro seria algo ainda sem resultados positivos evidentes. Quando permitiu que um repórter do The New York Times entrevistasse sua família e amigos, ela deixou uma mensagem de texto na qual estava escrito: “Eu não quero que vocês pensem que tenho ideia do que acontecerá no futuro. Então gostaria que vocês não me retratassem como se soubesse.”

Com o procedimento já realizado, a expectativa é que um dia o cérebro de Kim possa ser ressuscitado de alguma forma. Seu pai, inclusive, grava mensagens de voz para ela, na esperança de que um dia ela possa escutá-las. A maioria delas começa com: “Kim, é seu pai. Eu só queria te deixar uma mensagem …”.

Após ter o cérebro congelado de Kim escaneado pela Alcor Life Extension, o namorado de Kim descobriu que parte dele pode ter ficado vulnerável aos danos do congelamento. Porém, a parte responsável por pensamentos e linguagem abstratos aparece protegida.

“Até (ou ao menos) o dia em que Kim possa retornar, lembraremos dela, celebraremos ela … de forma que possamos criar o futuro de seus sonhos”, disse Schisler em uma publicação na página de Kim no Facebook.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Jovem congela cérebro após ser diagnosticada com câncer

Deixe o seu comentário