Quatro tecnologias que são mais avançadas no Brasil do que nos EUA

publicado no LINK

Esta semana faz um mês que cheguei em Chicago para cursar um mestrado (como o tempo passa rápido!) e já me sinto bem confortável pela cidade. Esse tempo foi o suficiente também para eu perceber diferenças no uso de algumas tecnologias por aqui.

Sim, o país está na frente no desenvolvimento de carros autônomos, robôs avançados e inteligência artificial, mas não é dessas tecnologias que vou falar hoje. Os EUA também surpreendem pelo uso de algumas tecnologias que para nós, brasileiros, já fazem parte do passado.

cartaocomchip630

1 – Pagar contas com cheque

É até engraçado. A conta do mês chega e dentro do envelope vem… um outro envelope! Oi? A história só melhora: esse envelope serve para você colocar dentro um cheque (é, eu sei) no valor da conta e enviá-lo para a empresa para efetuar o pagamento pelo serviço.

É impressionante: você consegue pagar um sorvete em qualquer esquina com sistemas avançados de pagamento móvel como o Apple Pay, mas se quiser pagar uma continha de luz vai ter que mandar um cheque.

Os bancos até oferecem uma opção de fazer o pagamento pela internet, mas mesmo esse pagamento é feito via cheque eletrônico. Vai entender!

2 – Documentos precisam ser enviados por FAX!

Esqueceu como se usa um bom e velho aparelho de fax ou não faz nem ideia do que seja isso? Saiba que se você mudar para os EUA vai precisar usar muito a velha tecnologia. Aqui, no geral, todo documento importante que precisa ser enviado para uma empresa só é aceito via fax.

Logo que cheguei aqui, uma das minhas primeiras tarefas foi solicitar a instalação dos serviços de energia elétrica, internet, gás e afins na minha casa. Todas as empresas fornecedoras de serviços exigem uma documentação básica para fazer o seu cadastro, mas não adianta pedir para mandar por e-mail ou explicar que hoje em dia você pode tirar uma foto dos seus documentos pelo celular e encaminhar para eles no mesmo momento. Tem que mandar tudo por fax.

A eficiência norte-americana é mesmo incrível. Todos os serviços que eu solicitei começaram a funcionar no mesmo dia ou, no máximo, no dia seguinte. Mas isso só acontece depois de você enviar os seus documentos por FAX!

3 – Cartões com chip eram raridade até pouco atrás e estão causando uma revolução por aqui

Sabe o cartão de crédito ou débito que você usa para pagar contas e compras? Já estamos mais do que acostumados no Brasil a inserir a parte do cartão com chip na máquina e digitar nossa senha. Aqui nos EUA é diferente. O uso de cartões com chip só passou a ser obrigatório na semana passada, no dia 1 de outubro. Até então, se usava a boa e velha tarja magnética (que exige que você deslize o cartão na máquina em vez de inserir).

Com a nova regra, todos os cartões de crédito foram substituídos e a população está perdida! Nos jornais há várias matérias debatendo o uso da nova tecnologia e ensinando o americano a usar os cartões com chip. Basicamente ninguém está feliz em ter que lidar com a “nova” tecnologia, mas os americanos andavam passando “carão” na Europa porque seus cartões não eram compatíveis com o sistema de lá, que é igual ao nosso.

O maior problema por aqui até agora é que a maioria dos comerciantes ainda não adaptou suas máquinas para o novo sistema (eu ainda não fiz nenhum pagamento usando o chip) e os bancos não vão mais assumir a responsabilidade em caso de perdas financeiras, como a clonagem de um cartão, se a compra for feita pelo sistema antigo.

4- WhatsApp? Aqui todo mundo conversa pelo bom e velho SMS

Em uma aula há poucos dias o professor perguntou quem usava aplicativos de bate-papo como WhatsApp, Viber e WeChat. Apenas uma parte da sala levantou a mão – a parte composta por alunos estrangeiros. O americano médio não usa esse tipo de tecnologia nem fala ZapZap. As mensagens de texto são enviadas pelo bom e velho SMS.

Há quanto tempo não olhava para o ícones de mensagens de texto no meu celular! Graças aos meus colegas americanos, agora é lá que passo a maior parte do tempo.

Os norte-americanos que possuem apps como o WhatsApp instalados no celular são os que moraram no exterior ou possuem amigos estrangeiros, já que a popularidade do app é grande no restante do mundo. Mas aqui a abordagem é bem diferente do Brasil. Se você passar o seu contato no WhatsApp para algum americano ele vai te pedir com jeitinho: “você tem um número que recebe SMS?”

A explicação para isso está no fato de que as operadoras daqui há tempos oferecem pacotes com SMS ilimitado e gratuito. Para economizar consumo de dados, os americanos preferem ficar no SMS.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Quatro tecnologias que são mais avançadas no Brasil do que nos EUA

Deixe o seu comentário