Zeladores destroem obra de arte ao confundi-la com sujeira em museu italiano

publicado na Gazeta do Povo

A equipe de limpeza de um museu italiano destruiu uma das obras em exposição ao pensar se tratar de sujeira deixada por uma eventual festa. O fato curioso aconteceu na última sexta-feira (23), no Museion, Museu de Arte Moderna e Contemporânea, na cidade de Bolzano.

Obra-kp8H-U101940543051HSE-1024x767@GP-Web

A peça era composta por 300 garrafas de champagne, bitucas de cigarro e confetes espalhados pelo chão de uma sala. De acordo com os autores, os artistas de Milão conhecidos por Goldschmied e Chiari, a composição é uma crítica à Itália dos anos 1980, um período marcado por “consumismo e hedonismo dos políticos socialistas e suas festas inacabáveis”.

Veja também
Tropeços e restaurações: relembre 5 desastres envolvendo obras de arte
Garoto tropeça em museu e rasga pintura de US$ 1,5 milhão; assista
Sem documentos, Chewbacca é preso enquanto dá carona a Darth Vader na Ucrânia
Pelo menos para os funcionários da limpeza, a obra “Onde Nós Vamos Dançar Nesta Noite” foi superconvincente: em poucos minutos, eles retiraram as garrafas e “limparam” a sala de exposição. “Nós pedimos para que eles limpassem uma outra sala, onde realmente existiu um evento. Evidentemente, eles se confundiram”, disse a diretoria do museu Letizia Ragaglia ao jornal italiano Alto Adige.

Por sorte, os funcionários colocaram a “sujeira” no lixo reciclável e a diretora disse acreditar que os artistas poderão remontar a obra.

Outros casos:

Este, obviamente, não foi o primeiro caso desastroso em um museu neste ano. Em agosto, um garoto de 12 anos protagonizou uma cena digna de seriado de comédia em Taiwan: ele tropeçou e, para não cair, se apoiou e rasgou uma tela que estava em exposição. O quadro custa o equivalente a R$ 5 milhões e a trapalhada foi registrada em vídeo.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Zeladores destroem obra de arte ao confundi-la com sujeira em museu italiano

Deixe o seu comentário