Eduardo Paes volta a defender secretário agressor e provoca revolta nas redes sociais

Internautas atacam o prefeito por manter Pedro Paulo no cargo e como seu candidato à sucessão na prefeitura do Rio de Janeiro. Atriz Luana Piovani, que já sofreu nas mãos de namorado violento, fez duras críticas em seu Instagram

Eduardo Paes e Pedro Paulo (foto: VEJA.com/Agência o Globo)

Eduardo Paes e Pedro Paulo (foto: VEJA.com/Agência o Globo)

Leslie Leitão e Thiago Prado, na Veja on-line

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), enfrentou uma avalanche de reações negativas nas redes sociais no fim de semana após novamente defender o secretário Pedro Paulo Carvalho, que assumiu ter espancado a ex-mulher Alexandra Marcondes. Em entrevista ao jornal O Globo no domingo, Paes afirmou que “as brigas eram um problema” do seu braço-direito e reafirmou novamente a candidatura de seu pupilo.

A atriz Luana Piovani, que em 2008 acusou o ator Dado Dolabella de agressão, usou o Instagram para reverberar uma crítica de sua mãe, Francis Piovani, “você e sua esposa foram criados vendo seus pais baterem em suas mães? (…) tenha a decência de retirar a sua candidatura e vá se tratar”, escreveu, para depois a filha completar: “Você não me representa!!! Maria da Penha nele e nela, psicólogo, pois está defendendo seu próprio agressor”.

Ontem, Paes fez agenda de rua e decidiu postar fotos no Instagram e no Facebook ao lado de Pedro Paulo, saudando o aniversário de 120 anos do Flamengo. Sem moderação de comentários, as redes sociais do prefeito foram bombardeadas de mensagens revoltadas como “O Rio não quer espancador de mulher” e “espancador de mulher, mexeu com uma, mexeu com todas”.

A reação das redes a Pedro Paulo começou com o grupo Meu Rio que lançou uma petição na internet pedindo a exoneração do secretário. Até a ontem noite, mais de 15 000 assinaturas haviam sido feitas no site. Os adversários também começam a aproveitar o episódio para alfinetar o peemedebista: “Quem bate em mulher ofende a própria mãe”, postou o pré-candidato Marcelo Crivella.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Eduardo Paes volta a defender secretário agressor e provoca revolta nas redes sociais

Deixe o seu comentário