Por que odiamos nossas fotos?

publicado na Galileu

Aquela foto com a família no Natal ficou péssima e a foto com os amigos no ano novo está pior ainda? Por que odiamos tanto as nossas próprias fotos? Ou por que nunca saímos na foto como nos vemos no espelho? Simples. Temos o péssimo hábito de achar que somos mais bonitos e atraentes do que realmente somos.

cute-girls-gone-ugly-wildammo-14

A ciência explica: a culpa é do espelho. Depois de ficar na frente do reflexo por uns minutos, começamos a nos achar mais bonitos. Isso ocorre por causa do “Efeito da Mera Exposição”, formulado em 1968 pelo psicólogo polonês Robert Zajonc. Ele defende que temos mais familiaridade com coisas que vemos mais – ou seja, que são mais expostas.

No experimento, Zajonc reuniu um grupo de pessoas e mostrou uma sequência de imagens geométricas em uma velocidade altíssima, de modo que era impossível distinguir as figuras. Depois mostrou as mesmas formas, dessa vez ‘congeladas’, e pediu para que os voluntários escolhessem a mais atrativa. O resultado era sempre o mesmo: eles escolhiam aquela que aparecia mais vezes na sequência.

Zajonc concluiu que a exposição repetida gera familiaridade na mente humana. Por isso, quanto mais tempo você passa na frente do espelho, exposto ao seu próprio reflexo, mais atraente você acha que está. E é pela mesma razão que acontece o estranhamento diante de uma foto sua: você não está familiarizado com aquela imagem estática.

Outro ponto que atrapalha nossa relação com as fotos é a expectativa. Sempre esperamos sair na foto do mesmo jeito que nos vemos no espelho. A dica é simples: use o Efeito de Mera Exposição a seu favor. Familiarize-se com sua foto: basta olhar pra ela repetidamente. Lógico que a imagem não vai passar por um Photoshop instantâneo, mas logo seu cérebro vai acreditar que você não está tão mal assim.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Por que odiamos nossas fotos?

Deixe o seu comentário