Pai de criança negra cria marca de curativos para diferentes tons de pele

curativo-cor-de-pele-01-450x363

Publicado no Catraca Livre

A falta de representatividade de negros é bastante evidente na cultura e no entretenimento. Mas ela também pode ser notada em situações do dia a dia, como na dificuldade da mulher negra encontrar uma maquiagem adequada para sua cor de pele, por exemplo.

Um novo caso que ilustra isso muito bem é a história do professor americano Toby Meisenheimer, que foi à farmácia em busca de um curativo para seu filho Kai e ficou encucado: na prateleira do produto, não havia nenhuma opção com a cor da pele do menino.

Kai é negro e é um dos filhos adotivos de Toby, que é branco. Ele ainda tem dois filhos adotivos e dois biológicos. Em entrevista ao “G1”, ele conta que ficou impressionado de nunca ter pensado nisso antes.

curativo-cor-de-pele-02-450x265

“Não acredito que vivi 38 anos sem perceber que os curativos vinham em um formato que só combina com um tom de pele. Isso não está certo”, contou.

Para suprir essa “lacuna” no mercado, Toby resolveu criar a marca Tru-Colour Bandages, curativos em três tons de pele, todos mais escuros que o tradicional “bege” encontrado nas farmácias.

“Durante anos fui de uma família só de brancos. Depois que adotamos crianças com cor de pele que não eram como as nossas, começamos a ver as coisas de forma diferente. Precisa haver uma mudança na forma como as empresas fabricam curativos em um mundo cheio de diversidade”, disse ele.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Pai de criança negra cria marca de curativos para diferentes tons de pele

Deixe o seu comentário