5 filmes baseados em histórias reais com finais bem diferentes da realidade

27124426669679-t1200x480

Publicado no Mega Curioso

O cinema pode ser um lugar realmente mágico e repleto de histórias maravilhosas. Nos filmes, encontramos fantasia, ação, ficção e também muita influência na realidade. Pois é… Você deve saber que muitas histórias contadas nas telonas são realmente inspiradas por fatos que aconteceriam aqui mesmo no mundo real, mas será que todas as adaptações baseadas em fatos reais são fiéis à História?

É claro que não. Seja por falhas nos roteiros, por licença poética ou por quaisquer outros motivos, há muitos filmes baseados em histórias reais que terminam longe disso. Então, quais são os que podem ser usados para ilustrar isso da melhor maneira? O canal ScreenRant fez uma seleção, e nós trouxemos os mais importantes para você. Será que algum dos filmes mostrados aqui está na sua lista de favoritos?

1. Titanic

Em “Titanic” (a versão de 1997), o foco da história é o caso de amor entre Jack e Rose — interpretados por Leonardo DiCaprio e Kate Winslet. No final do filme, os músicos do navio são mostrados tocando os seus instrumentos para embalar o naufrágio, em uma das sequências mais comoventes da história do cinema. No entanto, existe algo que o filme não mostrou e que revela a dona do navio sendo bem cruel.

26184057960332

O final da história dos músicos não foi tão poético quanto mostrado, e o pior caso é o de Jock Hume, o violinista. Depois da morte do artista, a família dele ainda foi cobrada por uma série de encargos. A White Star Line afirmava que o pagamento dele teria sido interrompido no naufrágio, por isso os familiares deveriam arcar com os custos para levar o corpo de volta para casa.

2. Erin Brockovich
Esta obra foi protagonizada por Julia Roberts e narra a história real de uma mulher que luta para impedir que uma empresa de energia continue envenenando a população de sua cidade — algo que acontecia por causa da deposição de resíduos químicos na água do local. No filme, a justiça decide que a empresa deve pagar US$ 333 milhões para a população, havendo ainda um bônus de US$ 2 milhões para Erin Brockovich.

Na vida real a história foi bem diferente. Apesar da vitória da população contra a empresa de energia, grande parte dos valores obtidos foi utilizada para o pagamento de advogados e dos custos legais. Além disso, Erin não se mantém como heroína, pois abandona a cidade e lança carreira como ativista do meio ambiente — ganhando muito dinheiro com isso.

26184301810335

3. A Lista de Schindler
Lançado em 1993, “A Lista de Schindler” conta a história de um empresário alemão chamado Oskar Schindler, que ficou conhecido por salvar milhares de judeus durante a Segunda Guerra — graças a um bom relacionamento com o Partido Nazista. Na vida real, ele era um empresário que acumulava fracassos, tendo seu primeiro sucesso graças aos nazistas. Acusado pelos aliados de cometer crime de guerra, acabou fugindo da Alemanha para não ser preso.

4. 12 anos de Escravidão
A história de Solomon Northup é comovente. Ele era um ex-escravo que acabou sendo traído e recapturado, vendido como escravo novamente e explorado durante 12 anos até conseguir reencontrar a liberdade. No final do filme, é dito que as circustâncias da morte de Solomon Northup permanecem desconhecidas até hoje, pois não haveria qualquer registro sobre a vida dele após aquilo.

Na realidade, há várias versões que podem explicar o destino de Northup após o final do filme. Há fortes indícios de ele ter se filiado ao movimento abolicionista, sendo que isso teria sido relacionado à sua morte. Uma das hipóteses afirma que ele se tornou um espião durante a guerra civil dos Estados Unidos; enquanto outras correntes defendem que ele teria sido traído e sequestrado novamente, até ser assassinado como escravo.

5. A Teoria de Tudo
Você conhece “A Teoria de Tudo” pela narrativa da história de amor entre Stephen Hawking e Jane Wilde — lembrando que isso tudo serve também como pano de fundo para a vida acadêmica de Hawking, um dos maiores gênios da história recente. Na obra, o cientista e sua esposa passam por um divórcio tranquilo, depois que Wilde começa a se envolver com um amigo do casal.

Na vida real, é tudo bem diverente. O divórcio deles teria sido muito difícil e demorou muitos anos para que eles superassem a separação e conseguissem se tornar amigos. Há ainda mais drama na realidade. Apesar de Hawking não confirmar isso, há relatos de que a segunda esposa dele, Elaine, teria abusado do cientista física e psicologicamente.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for 5 filmes baseados em histórias reais com finais bem diferentes da realidade

1 Comentário

Deixe o seu comentário