#RIPTwitter: nova timeline estilo Facebook irrita usuários e ‘mata’ rede

Publicado no Techtudo

O Twitter vai mudar sua timeline para ficar mais parecido com o Facebook. Ao menos seria esse o plano, divulgado nesta semana, e que está deixando os usuários mais fiéis do microblog irritados. A hashtag #RIPTwitter, anunciando a “morte” do serviço, virou trending topic neste sábado, 6/2. Mas, afinal, o que deve acontecer com o Twitter?

De acordo com informações reveladas nos últimos dias, a rede social testou e aprovou o novo algoritmo que vai regular absolutamente tudo o que aparece na sua timeline. Isso deixaria a o Twitter bem parecido com o Facebook – que usa o famoso Edgerank para mostrar aos usuários apenas as atualizações que considera relevante.

nova_timeline_do_twitter

Atualmente, o Twitter mostra os posts na ordem cronológica, do mais recente ao mais antigo (salvo, é claro, publicidade e o box “enquanto você esteve fora”). Assim, você consegue ver praticamente tudo o que foi postado, na hora em que foi postado.

Para você ter uma noção de como o serviço deve ficar, preste atenção ao box mencionado acima (“enquanto você esteve fora”), ou então, na tela de busca, clicando na aba “top”. A função “highlights” também é uma excelente forma de ter um preview do algoritmo.

Com a mudança, o Twitter quer conquistar novos usuários, voltar a ser relevante, conseguir maior conversão (leia-se cliques em posts) e esboçar alguma reação contra a rede de Mark Zuckerberg, sua maior rival.

Vale lembrar que um dos problemas clássicos do Twitter é, sem dúvida, o excesso de posts: o que realmente é relevante, e tem maior possibilidade de render um clique, se perde em meio a dezenas, centenas e por vezes milhares, de posts por minuto.

Aparentemente, o Twitter vai ter a timeline-Facebook como padrão. Mas também deve ser liberada uma opção para a velha versão, a “cronológica”. Alias, assim como o Facebook, que também tem uma opção similar – que pode ser ativada na barra à esquerda da tela, ao clicar em “feed de notícias” e depois, escolher “mais recentes”, em vez de “principais histórias”. Mas, ainda assim, o algoritmo escolhe o que você irá ver.

Ainda assim, os usuários mais ativos do Twitter tendem a reclamar da inovação, enquanto os menos engajados tendem a aceitar melhor – e ficarem mais felizes com o novo sistema. Mas, enquanto o mistério sobre a mudança permanece, seus próprios usuários já decretaram sua morte, com o #RIPTwitter.

twitter-rip-twitter_2

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for #RIPTwitter: nova timeline estilo Facebook irrita usuários e ‘mata’ rede

1 Comentário

Deixe o seu comentário