‘Game of Thrones’ estreia hoje com mistérios e possível volta de Jon Snow

jonsnow

Publicado na Folha de S. Paulo

O inverno está chegando, diz o mote da série “Game of Thrones”. Mas para a HBO não há época mais quente do que esta, quando estreiam as temporadas da maior de suas produções. A disputa pelo Trono de Ferro recomeça neste domingo (24).

O canal americano vê sua base de assinantes –em torno de 130 milhões em todo o mundo– aumentar nas semanas em que exibe o seriado, embora não revele quanto.

Maior ainda é o número de espectadores que baixa na internet os episódios da saga, inspirada nos livros de George R.R. Martin: foram 14,4 milhões de downloads em 2015, segundo o “Torrent Freak”. O dobro da igualmente popular “The Walking Dead” (Fox). “Game of Thrones” foi a série mais pirateada no mundo pelo segundo ano consecutivo.

Um público em potencial que a HBO deseja manter em seu domínio. Para a estreia da saga fantástica, a emissora descongelou suas restrições e abriu, desde sexta (22), seu sinal para todos os assinantes de TV paga, mesmo aqueles com o pacote mais básico.

Mas não só de clamor popular vive “Game of Thrones”. O seriado volta agora como o maior vencedor da última edição do Emmy, principal premiação da TV, com 24 indicações e 12 prêmios em 2015.

Retorna, também, envolto em um mistério tão discutido pelos acólitos de Martin quanto um “quem matou Odete Roitman?” em escala planetária. O último episódio exibiu a suposta morte do mocinho Jon Snow (Kit Harington) e, desde então, não faltam conjecturas sobre sua provável ressurreição (leia abaixo).

A ansiedade é tamanha que, no último ano, fãs chegaram a perseguir Harington em aeroportos. A HBO, que costumava exibir o primeiro episódio de uma nova temporada para a imprensa antes da estreia, quis engrossar as expectativas e desta vez, não o mostrou nem para Martin.

Há duas hipóteses para tanto segredo. A mais provável é evitar que os episódios caiam na internet antes da hora da estreia, como em 2015. A segunda é prolongar ao máximo o mistério de Jon Snow, que pode reviver logo no começo da sexta temporada, segundo a teoria mais popular entre fãs.

A TV, agora, vai ultrapassar os livros. Martin ainda não entregou o sexto volume, mas já antecipou à HBO como imagina o final de sua saga, caso morra antes de conclui-la.

“Jon Snow está morto. Mas temos certeza de que ele irá ficar melhor”, teoriza Elio García, autor do site westeros.org e considerado o fã número 1 da saga –tanto que ficou amigo de Martin.

Os episódios da quinta temporada foram vistos, em média, por 20 milhões de espectadores nos EUA, segundo a Nielsen, empresa que mede a audiência. O fenômeno sintetiza o crescente prestígio da TV americana desde “Os Sopranos” (1999), também da HBO. “‘Game of Thrones’ apenas continua as narrativas bem escritas e altamente produzidas para a TV. Confirma a força do gênero, mais do que provocar uma ruptura”, escreve à Folha o crítico de TV americano Michael Wolff.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for ‘Game of Thrones’ estreia hoje com mistérios e possível volta de Jon Snow

Deixe o seu comentário