4 truques psicológicos que realmente funcionam

publicado na Segredos do Mundo

O que você faria se pudesse manipular a mente e as escolhas das pessoas? Parece até conversa de gente desequilibrada, mas na verdade existem alguns truques psicológicos que permitem você influenciar as pessoas sem que elas percebam.

Isso acontece porque você acaba aprendendo como funciona a cabeça das pessoas e usando isso ao seu favor, como uma espécie de arma branca. Afinal, como já mostramos aqui, no Segredos do Mundo, sua mente já influencia você o tempo todo e é só uma questão de conhecimento adquirir a habilidade de fazer isso com os demais.

Mas, claro, ninguém está dizendo que você vai aprender a deixar qualquer ser humano inconsciente ou que vai controlar a mente alheia com controle remoto. Os truques psicológicos que você vai aprender abaixo são sutis e funcionam por meio da sugestão. Então, calma que não existe qualquer efeito colateral nisso.

O que impressiona nessa história é que os truques psicológicos funcionam de verdade e é possível constatar isso no seu dia-a-dia. Como você vai ver, você mesmo pode ter caído em muitos deles sem perceber, especialmente quando sua mãe resolver lhe dar uma ordem. Quer ver?

4-12

Confira 4 truques psicológicos que realmente funcionam:

1. Gestos contagiosos
Que tal começar por um bem fácil? Conforme especialistas em comportamento, quando as pessoas estão em grupo, elas costumam imitar a linguagem corporal de outras, especialmente se essa pessoa estiver no foco de atenção.

Quer um bom exemplo? O bocejo é um dos gestos contagiosos mais eficientes que existem. Você mesmo pode tirar a prova bocejando de propósito na frente de algumas pessoas. A mágica vai acontecer e algumas, se não todas elas, vão bocejar também.

Outro dos truques psicológicos que sempre funcionam é a cruzada de braços. Se a pessoa com a qual você está conversando estiver realmente interessada na conversa e estiver prestando atenção em você, se você cruzar seus braços, ela vai cruzar os dela também. Interessante, não?

2. Psicologia reversa
Já percebeu que algumas pessoas tendem a fazer o que as outras não querem, só para contrariar? Esse comportamento “revolto” pode ser usado para seu bem se você conseguir aplicar a psicologia reversa.

Para isso, você precisa pedir para que a pessoa NÃO faça aquilo que você quer que ela faça. Entendeu? Por exemplo: “Eu não quero que você tranque essa porta mais”. Muito provavelmente a pessoa vai trancar a porta.

Outra maneira de reforçar esse truque é deixando um certo mistério no ar sobre o porquê de seu pedido: “Se eu fosse você não tocaria nessas plantas”. Desafiar o interlocutor também é uma boa maneira de fazer com que isso funcione: “Eu duvido que você consiga fazer isso”.

3. Ilusão de escolha
Esse talvez seja um dos truques psicológicos mais funcionais dessa lista e, com certeza, é um dos mais conhecidos pelos profissionais da publicidade. Isso porque, como o próprio nome sugere, você dá uma falsa sensação de poder de escolha para a pessoa, quando na verdade você está manipulando a vontade dela para que ela selecione a opção que você deseja.

A imagem escolhida para este tópico explica bem isso. No entanto, se você precisar de um outro exemplo para entender melhor, pense em uma criança que a mãe que tome uma vitamina de frutas, por exemplo. Ao invés de perguntar ao filho se ele quer provar a vitamina, ela precisa perguntar a ele se ele prefere tomar na caneca azul ou vermelha. Captou a malícia?

4. Falso mentiroso
E, claro, esse vai ser um dos truques psicológicos mais “amados” pelos espertinhos. Isso porque ele prova que dá para fazer as pessoas acreditarem em suas mentiras por considerá-lo um mal mentiro ou por você mentir demais. De ambas as maneiras, você vai estar manipulando a verdade. Quer aprender?

Mau mentiroso: Se você convencer as pessoas que você mente mal, elas vão sempre acreditar que você está falando a verdade, mesmo quando estiver mentindo.

Mentiroso demais: Essa é outra forma de fazer as pessoas acreditarem em você e, tudo o que você tem que fazer é espalhar ao quatro ventos que você é um grande e ótimo mentiroso. Assim, quando você precisar mentir, na verdade você vai falar a verdade.

Por exemplo, se sua mãe perguntar onde você passou toda a tarde de terça-feira, você diz a verdade, “no boteco, mãe”. Muito provavelmente, ela vai rir de você, porque vai achar que você está mentindo.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for 4 truques psicológicos que realmente funcionam

1 Comentário

Deixe o seu comentário