Caminhão com “sangue gay” revela desperdício por puro preconceito

46836896.cached
publicado no SuperPride

Quando a gente revelou aqui no Superpride que gays poderiam salvar mais de 1,8 milhão de vidas se pudessem doar sangue, muita gente ficou espantada. Mas é exatamente isso!

E pra deixar muito mais gente de boca aberta, um caminhão com centenas de bolsas de sangue foi colocado nas ruas da cidade de São Paulo para criticar a determinação que proíbe que homens gays e bissexuais sejam doadores de sangue no país.

A ação foi criada pela galera da agência Africa para uma campanha internacional da All Out, movimento global de defesa dos direitos da comunidade LGBT, e traz a mensagem: “O Brasil desperdiça mais de um caminhão cheio de sangue todo dia por puro preconceito”.

Foto-2-e1463164000564

“A campanha busca mostrar que, ao não reconsiderar essa proibição, o Brasil impede o diálogo, reforça estereótipos e joga fora litros de sangue que poderiam salvar vidas”, diz Leandro Ramos, diretor da All Out. Ele lembra que todo o sangue colhido em bancos públicos e privados do Brasil deve obrigatoriamente passar por testes que permitem a identificação de vírus como o HIV e HCV, que causa a Hepatite tipo C.

“Se uma pessoa não usa drogas, mantém um único parceiro sexual e usa preservativo sempre, ela pode doar sangue. A menos que seja um homem que se relaciona com outro homem. Mas, se todo sangue doado, seja de quem for, passa por uma série de testes, por que homens gays e bissexuais são proibidos de doar?”, questiona Álvaro Rodrigues, vice presidente de criação da Africa.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Caminhão com “sangue gay” revela desperdício por puro preconceito

2 Comentários

  1. […] Fonte: Caminhão com “sangue gay” revela desperdício por puro preconceito | Pavablog […]

  2. […] pv, sangue, sangue gay, sangue todo dia, Sérgio Pavarni Pavablog Este QR-Code permite acessar o artigo pelo […]

Deixe o seu comentário