Por que temos déjà vu?

publicado no UltraCurioso

Tem dias que parecem ser como quaisquer outros, a gente acorda, vai trabalhar, faz tarefas diárias, pensa que nada demais vai acontecer e de repente, click, acontece um estalo no seu cérebro e aquela sensação de “eu já vi isso antes”, ou “já vivi exatamente essa cena”, como se você estivesse dentro de um filme, é instantânea, daí ela passa e tudo volta ao normal, em questão de segundos. Essa sensação é o que chamamos de Déjà Vu.

Certo, já entendemos o que é, como funciona? Por que acontece? Existem mais ou menos quarenta teorias científicas que tentam explicar e responder essas perguntas. A mais aceita pelos pesquisadores, atualmente, é a de que o déjà vu, não passa de um erro no campo memorial de nosso cérebro.

Bem, que ele possui variados tipos de memória, já sabemos e que algumas delas sãs as de longo e curto prazo, também. Então, de acordo com as pesquisas, essa sensação ocorre quando uma memória nova é captada pelos órgãos do sentido e, ao invés de ir para o campo responsável pelas memórias de curto prazo, vai para a área das de longo prazo. Causando assim, aquela sensação de que você já viveu aquilo antes, só que na verdade é apenas uma informação nova.

capa-1

O que é?

Um pesquisador do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), Susumu Tonegawa, afirma que o déjà vu, pertence a área chamada lobo temporal e está dentro dela num “cantinho”chamado giro dentado. Após fazer um experiência com ratos de laboratório, o cientista conta que os separou em dois grupos, um com essa parte do cérebro desregulada e o outro não. Os dois grupos, separadamente foram colocados no mesmo ambiente, um em que os ratinhos levavam choque e em outro idêntico, que não. Os que possuíam seu cérebro desregulado, ao entrarem em contato com o ambiente que não dava choques, repetiam movimentos como se estivessem levando, enquanto o outro grupo agia normalmente.

Quando começa

Alan Brown é um pesquisador da Universidade Metodista do Sul, em Dallas, e faz parte de um grupo de pesquisadores que buscam respostas para a sensação déjà vu. Segundo ele, essa sensação começa aos seis/sete anos. Se tornando mais forte entre os quinze e vinte e cinco anos. Diminuindo consideravelmente depois dessa fase.

Déjà Vu constante

Na Inglaterra, um rapaz de 23 anos apresenta, já há oito anos, um quadro diferenciado de déjà vu, a sensação acontecia com ele constantemente. Para os pesquisadores esse fato ocorria por um desencadeamento excessivo de ansiedade. Ele precisou parar de assistir televisão, ouvir rádio e ler jornais, pois sempre tinha a sensação de que já tinha vivido todas aquelas histórias.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Por que temos déjà vu?

Deixe o seu comentário