7 hábitos diários para manter seu cérebro saudável

publicado na Época Negócios

Todo mundo quer ser feliz, saudável e inteligente, correto? Alguns acreditam que um corpo saudável e bem exercitado é o que resultará nesse patamar. Mas, atenção, um neurocientista diz que não é bem assim. Para Daniel G.Amen, manter a mente saudável é a melhor maneira de ter uma vida produtiva e feliz.

mente

Amen é um neurologista americano famoso por suas palestras e livros best-sellers. Ele dedicou boa parte de seu tempo e pesquisas em técnicas para analisar, por meio de imagens, o comportamento do cérebro humano. É referência, por exemplo, em “brain imaging”, uma técnica que permite a pesquisadores olhar “por dentro” das estruturas do cérebro e entender quais áreas são afetas por desordens neurológicas.

Em seu último livro, “Change Your Brain Change Your Life” (“Mude seu cérebro, mude seu corpo”, publicado no Brasil pela editora Best Seller), ele analisa a importância de manter seu cérebro em um determinado estado, que o ajudará para o resto da vida. Amen defende que um cérebro saudável ajuda a diminuir as mudanças pelas quais passamos. A revista Inc listou sete hábitos que ele sugere, a fim de manter um cérebro e, por tabela, uma mente saudável. Confira:

Mude a sua dieta: Fazer dieta é um padrão comum na nossa sociedade moderna, mas é algo também que a maioria das pessoas para de fazer após perder alguns quilos. O problema é que ficar entrando e saindo de dietas afeta o nosso cérebro de várias formas negativas, segundo Amen. Em seu livro, ele sugere algumas regras de alimentação que visam deixar o cérebro saudável. Mudar a quantidade de ingestão de carboidratos ou beber mais água são algumas delas. Priorizar ingredientes com baixo nível glicêmico, carboidratos com grande fibras bem como gorduras saudáveis e proteínas.

Exercite-se: Quando a nossa agenda aperta, surge novos compromissos e a rotina fica complicada, a primeira coisa que tendemos a fazer é cortar os exércicios. Amen afirma que é uma atitude errada — o exercício ajuda a reduzir o nível de estresse a que o cérebro fica exposto, aumentando o fluxo de oxigênio, sangue e nutrientes que chegam até ele. Também deixa o acúcar em níveis que não são alarmantes. Amen diz que o mais indicado seria variar os exercícios realizados — de modo a manter diferentes partes do cérebro em atividade — bem como exercícios de coordenação e alongamento.

Medite: Pode ser difícil encontrar tranquilidade. Mas sim, manter-se em paz é fundamental, segundo Amen. Ajudará a deixar calmo um cérebro ansioso.

Mate os pensamentos negativos: Um dos maiores perigos contra nosso cérebro é ter pensamentos negativos automáticos ou os chamados ANTs. Eles vêm para todo mundo, mas mantê-los é algo extremamente perigoso ao nosso cérebro. Entre as estratégias para não deixar que isto ocorra, Amen defende que acima de tudo é preciso questionar esses pensamentos a fundo, indentificando como você se sente com relação a eles e, depois, transformá-los ao mudar a perspectiva de encará-los.

Ouça música clássica: foco é o maior desafio para pessoas que têm uma agenda cheia e dezenas de compromissos diários. No livro, Amen cita um estudo que mostra que pessoas que escutam Mozart são mais focadas e melhoram suas habilidades sociais na hora de realizar uma atividade.

Gaste tempo com pessoas positivas: manter-se longe de pessoas negativas, que nos fazem mal, é algo muito enfatizado por Amen. Assim, é possível remover alguns gatilhos que provocam alterações químicas em nossos cérebros e que acabam nos fazendo mal. Gaste tempo com quem você sabe que será bom para você. Estará ajudando a manter seu cérebro saudável.

Aprenda algo novo todos os dias: Einstein uma vez disse que, se as pessoas gastassem 15 minutos de seu dia aprendendo algo novo, em um ano, elas seriam experts em um assunto e, em cinco anos, experts nacionais. Amen concorda e afirma que fazer disso uma tarefa diári,a que quebra a rotina, mantém o cérebro revitalizado e estimulado.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for 7 hábitos diários para manter seu cérebro saudável

Deixe o seu comentário