10 invenções que são brasileiras e você não sabia

Publicado no Hypescience

Embora não seja possível generalizar, muitos brasileiros não têm o costume de valorizar os produtos nacionais. Alguns acham que tudo que é bom vem de fora, que precisa ser importado. Aí vem a surpresa: tem coisa brasileiríssima que é muito apreciada no exterior. Coisa que você usa todo dia. Coisa que você adora. Coisa que você deveria dar valor, ou ter orgulho. Confira dez invenções incríveis que você provavelmente não sabia que eram brasileiras:

10. Brigadeiro

invencoes-brasileiras-10-838x558

Ahhhhh, o brigadeiro. Doce preferido de crianças e também de muitos adultos, onipresente em festas de aniversário, e 100% brasileiro.

O brigadeiro nasceu durante as eleições de 1945, quando o brigadeiro Eduardo Gomes disputou a Presidência do Brasil com Eurico Gaspar Dutra. “Brigadeiro” é um posto militar – o título do oficial mais graduado da Aeronáutica. Alguém teve a ideia de misturar leite condensado, manteiga e chocolate em pó, criando um docinho para distribuir durante a campanha de Eduardo Gomes. O doce recebeu seu nome em homenagem ao candidato. Na época, ele não ganhou a eleição, mas o brigadeiro certamente se elegeu por unanimidade no gosto do povo.

9. Avião

invencoes-brasileiras-9-838x578

Muitos já conhecem ou ouviram falar dessa invenção. Alberto Santos Dumont, brasileiríssimo, é considerado o pai da aviação. A primeira conquista foi quando o aeroplano 14-Bis, construído por ele, sobrevoou o céu de Paris (a capital da França) em 1906. A tecnologia mudou muito e só melhorou desde então.
Como acontece com muitas invenções de tamanha importância, diversos outros inventores clamam ser os responsáveis pelo primeiro avião, incluindo os irmãos Wilbur e Orville Wright, dos Estados Unidos. Mas a história aponta que o mérito é mesmo do nosso querido conterrâneo.

8. Escorredor de arroz

invencoes-brasileiras-8

Já imaginou não ter um? Hoje extremamente comum em todas as casas brasileiras, o escorredor foi inventado em 1959. A obra foi da cirurgiã-dentista Therezinha Beatriz Alves de Andrade Zorowich, que estava cansada de ver o ralo da sua pia sempre entupido. Ela teve a ajuda do seu marido, o engenheiro Sólon Zorowich, que montou um protótipo em papel alumínio e o apresentou ao dono da empresa Trol S/A. Pouco tempo depois, o produto começou a ser comercializado.

7. Máquina de escrever

invencoes-brasileiras-7-838x628

Como no caso do avião, essa grande invenção é reivindicada por muitos países, incluindo Brasil, Estados Unidos, França, Inglaterra e Itália. Por aqui, a criação de um dispositivo mecânico de escrita é atribuída ao padre Francisco João de Azevedo, nascido na Paraíba do Norte (atual João Pessoa) em 1827. Professor de matemática e integrante de uma família de mecânicos, ele construiu um modelo que foi apresentado na Exposição Agrícola e Industrial de Pernambuco em 1861 e na Exposição Nacional do Rio de Janeiro no mesmo ano.

6. Balão

invencoes-brasileiras-6-838x471

O padre do balão é mesmo brasileiro. Não estamos falando do que morreu anos atrás, mas sim de Bartolomeu de Gusmão, que descobriu que o ar aquecido era mais leve que o ar da atmosfera. Resultado? A criação do balão de ar quente. A primeira tentativa de Gusmão não foi um sucesso: o veículo pegou fogo e assustou o público que tinha ido conferir a descoberta. Infelizmente, esse fato levou o padre ao esquecimento, mas as glórias da invenção continuam sendo dele.

5. Urna eletrônica

invencoes-brasileiras-5-838x561

Essa invenção brasileiríssima, do desembargador Carlos Prudêncio, do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, permitiu que o voto fosse de fato secreto e mais bem protegido. As cédulas de papel eram mais frágeis e mais propensas a fraude. A urna eletrônica também ajuda na hora da contagem dos votos, que ficou mais rápida e segura.
Em 1989, Prudêncio organizou a primeira votação, na cidade de Brusque (SC), com a ajuda de um computador. O processo só foi melhorando desde então. Em 1995, o Brasil se tornou o primeiro país a ter uma eleição totalmente informatizada.

4. Identificador de chamadas

invencoes-brasileiras-4-838x838

Ninguém quer viver em um mundo no qual o celular toca e você não sabe quem é. Essa invenção está tão integrada no nosso cotidiano que nem lembramos de como era não ter “bina”. Inventada em 1977 por Nélio Nicolai, ela é usada no mundo todo e, ainda assim, o brasileiro especialista em telefones não recebe nada por isso. Tudo porque ele não conseguiu registrar a patente.

Curiosidade: a palavra bina é, na verdade, uma sigla que significa “B identifica número A”, ou seja, o segundo aparelho revela o número do primeiro.

3. Orelhão

invencoes-brasileiras-3-838x838

Criado em 1970 pela designer Chu Ming Silveira, chinesa naturalizada brasileira, o primeiro orelhão do país foi colocado na Rua Sete de Abril, em São Paulo. Em 1972, gradualmente, os orelhões passaram a ser implantados por todos os estados. Essa invenção é agora encontrada em vários países da América Latina, além da China.

2. Painel eletrônico

invencoes-brasileiras-2-838x628

A placa luminosa dos estádios só podia ser brasileira, não? O produto foi patenteado em 1996 pelo cearense Carlos Eduardo Lamboglia. A estreia do produto ocorreu dois anos depois, na Copa da França, sendo hoje indispensável em competições de inúmeros esportes. Certamente, também é usado com outras finalidades.

1. Coração artificial

invencoes-brasileiras-1-838x1032

A criação do coração artificial é do engenheiro mecânico brasileiro Aron de Andrade, do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia (SP). Inventado em 2000, o órgão artificial é ligado ao natural e alimentado por um motor elétrico. Antes desse desenvolvimento, havia um procedimento no qual o coração natural tinha que ser retirado na operação e substituído pelo artificial – que não durava muito tempo. No molde brasileiro, porém, nada é extraído. De acordo com Andrade, as vantagens desse padrão são muitas, como tornar a própria cirurgia bem mais simples.
[EBC, GenioCriador, FatosDesconhecidos, ViverEmBrasilia, MacacoVelho]

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for 10 invenções que são brasileiras e você não sabia

1 Comentário

  1. concordo com o mano ae do facebook. povo alienado e ignorante. essas noticias nem devem importar pra eles

Deixe o seu comentário