Veja os 20 melhores piores filmes para assistir na Netflix

publicado no Cultura em Casa

Existem filmes bons, filmes ruins e filmes que são tão ruins que criam uma distorção do tempo e espaço e se tornam bons de tão ruins! O Catraca Livre fez uma seleção do melhor do pior que o Netflix tem a oferecer para os masoquistas cinematográficos de plantão.

2JogoDaMorte

1. “Killer Klowns from Outer Space” – Palhaços Assassinos do Espaço Sideral. Você percebe o quanto o filme é bom quando o Netflix não se dá nem ao trabalho de traduzir o título. Alienígenas que por algum motivo têm a aparência de palhaços vêm à Terra prender as pessoas em algodão doce e devorar as suas essências. Foi dirigido em 1988 por uns tais “imãos Chiodo”, que nunca mais dirigiram um filme depois. É o equivalente bom de ruim dos Gremlins.

2. “O Jogo da Morte” – Tem diversos filmes bons do Bruce Lee no Netflix, infelizmente não tem o Operação Dragão. “O Jogo da Morte” era o filme que o Bruce Lee fazia quando morreu em 1973. O fato do Bruce Lee morrer não impediu que os produtores de Hong Kong dessem um trucão na edição pra lançar o filme. Inclusive usando imagens do próprio funeral do Bruce Lee e um “efeito especial” de um dublê que tem, sobre sua imagem no espelho, uma foto cortada do Bruce Lee. E ainda tiveram a pachorra de fazer um “Jogo da Morte 2”, só requentando imagens de arquivo do Bruce Lee.

3. “Hackers: Piratas de Computador” – Se você espremer esse filme, sai suco de anos 1990. É a perfeita imagem do que um produtor tiozão achava que era o mundo “dessa molecada que assiste MTV”: patins, figurinos ridículos, gírias esdrúxulas e Angelina Jolie no começo de carreira tendo que engolir estar nesse filme para pagar o aluguel. O ponto alto são das demonstrações da “alta tecnologia” da época, como hackear para fazer um interurbano de graça ou roubar MP3s. Tudo em montagens de hackeamento cyberpunk cheias de neon antes da epoca em que “Matrix” mostrou como se fazia.

4. “Duplo Impacto” – Você recebe uma dose dupla de Van Damme! No filme, Van Damme “interpreta” dois irmãos gêmeos separados no berço e criados em realidades diferentes: um vira um playboy de Los Angeles e outro um criminoso durão de Hong Kong. Claro que eles se encontram e precisam vingar o assassino dos pais. Ver Van Damme tentando dar os nuances de cada personagem é metade da graça.

5. “Cachorro Vampiro” – Não vou mentir, eu não assisti a esse filme, descobri ele pesquisando esta pauta. Mas o filme é sobre um cão-vampiro de 600 anos! Não tem como isso não ser divertido.

6. “A Morte do Demônio” – Mas que heresia é essa? O clássico de Sam Raimi e Bruce Campbell numa lista de filmes ruins. “A Morte do Demônio” pode ser um dos melhores filmes bs, mas ainda é um filme b e deve muito do seu status cult ao fator tão ruim que é bom, como nos monstros absurdos e interpretação ainda mais absurda de Campbell.

7. “Kung Fury” – Na matemática do cinema tão ruim que é bom, se um filme ruim sabe que é ruim, ele não fica bom. Uma exceção é Kung Fury, insanidade de meia hora que explodiria a sua cabeça se você fosse uma criança dos anos 1980. É um filme de 2015 nostálgico e cheio de neon e sintetizadores. Ele segue Kung Fury, tira durão que precisa voltar no tempo para lutar contra Hitler, o Kung Füehrer, líder nazista e mestre das artes marciais.

8. “K-9: Um Policial Bom Pra Cachorro” – Se você quer se perguntar se um filme é tão ruim que é bom, veja se ele tem títulos com “da pesada”, “confusão”, “tira”, “pra cachorro” ou se ele passava na Sessão da Tarde. Com James Belushi, K-9 é um típico filme de dupla policial, só que com só um policial humano.

9. “Piranha” – Quem não tem tubarão como o Spielberg, caça com piranha. É basicamente a história de “Tubarão” com uma fração do orçamento, com piranhas modificadas geneticamente soltas em um acampamento de férias. Um filme que se proliferou em diversas sequências como um cardume de peixes assassinos.

10. “The Lost Empire” – Esse é outro que eu não assisti, mas eu vou só ler a sinopse pra vocês: “Quem vai salvar o mundo de um gênio do mal e seu exército de ninjas? Três supergatas que arrasam no kung fu!” Primeira coisa que eu vou fazer chegando em casa é assistir isso.

Outros filmes bons de tão ruins dignos de nota:

11. “Mundo Surreal” – Ele tem surreal no título e não é brincadeira. Uma garota prestes a ser lobotomizada tem um pano para fugir do manicômio. Mas se alguém entendeu algo além disso, por favor me avise.

12. “Sharknado 3” – Geralmente filmes ruins que sabem que tão ruins não ficam bons. Mas no Sharknado 3, tem tubarão voador até no espaço! A exceção que prova a regra.

13. “Lifeforce” – Cometa Halley passa perto da Terra e deixa uma vampira sugadora de “energia vital” que adora andar nua o filme inteiro. Trash do princípio ao fim.

14. “Kickboxer, o Desafio do Dragão” – Van Damme no auge do seu “kung fu melodramático”, fazendo caras e bocas em lutas em câmera lenta.

15. “Caça às Bruxas” – Basicamente tortura medieval em forma de cinema, com Nicolas Cage num filme que periga ser tão ruim que fica péssimo!

16. “Swordfish” – John Travolta mais louco que o normal interpretando um terrorista que chama um hacker interpretado por Hugh Jackman. Troféu vergonha alheia.

17. “Ridiculous 6” – O nome já diz tudo. Adam Sandler num faroeste que é uma verdadeira bomba atômica cinematográfica. Evite assistir sóbrio e quem sabe você se divirta.

18. “John Morre no Final” – Tem uma droga que permite transcender o tempo e espaço. Mais do que isso nem adiante tentar entender, desligue o cérebro e aproveite uma viagem cheia de referências desconexas ao cinema B.

19. “A Liga Extraordinária” – Baseado na obra do coitado do Alan Moore, é o “Vingadores” dos personagens literários da era vitoriana. Só que ruim.

20. “Night of the Comet” – Um cometa passa pela Terra e por uma radiação muito louca todo mundo vira zumbi. Menos a jovem Regina Belmont, que estava transando com o namorado num cinema na hora do evento, e agora precisa ainda encontrar sobreviventes em um mundo (quase) vazio.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Veja os 20 melhores piores filmes para assistir na Netflix

Deixe o seu comentário