As 10 comidas mais comidas no mundo

publicado na Mundo Estranho

Não importa qual país está no seu roteiro de viagens: são grandes as chances de você provar um prato típico que leve alguma destas delícias.

leite_derivados

10. MANDIOCA
Consumo mundial – 95 milhões de toneladas por ano

Maior consumidor – Congo (261,4 kg por pessoa por ano)

Nativa do sul da Amazônia, a mandioca foi domesticada pelos tupis há 5 mil anos e difundida pela América do Sul. Os portugueses que colonizaram o Brasil a levaram para a África. Em 1575, a mandioca já era o alimento principal da feitoria de Angola. Hoje, é a base na dieta de diversos países. No Congo, sua farinha é misturada com outros tubérculos para criar uma massa chamada de fufu

9. CARNE DE PORCO
Consumo mundial – 105 milhões de toneladas por ano

Maior consumidor -Áustria (65,6 kg por pessoa por ano)

É impressionante que esse alimento tenha conseguido entrar no ranking, já que 23,4% da população mundial não pode comê-lo. São os seguidores do islamismo e judaísmo, religiões que proíbem seu consumo. Os adeptos de outras fés compensam: na Áustria, por exemplo, até o focinho do bicho vira iguaria

8. MILHO
Consumo mundial – 113 milhões de toneladas por ano

Maior consumidor -Lesoto (149,3 kg por pessoa por ano)

Domesticado no sul do México, o milho já era cultivado por toda a América quando os europeus chegaram por aqui. Virou um coringa na culinária de vários países, já que é barato e pode ser aproveitado de muitos jeitos – até como pipoca. Em Lesoto, pequeno país localizado dentro da África do Sul, ele vira uma espécie de angu chamada de pap-pap, que pode ser acompanhada por um cozido de legumes

7. TOMATE
Consumo mundial – 136 milhões de toneladas por ano

Maior consumidor -Líbia (150,3 kg por pessoa por ano)

Um novo tipo de berinjela. Foi assim que um botânico italiano de 1544 classificou o tomate, trazido para a Europa há pouco tempo por Colombo. (Ele chegou bem perto: tomate e berinjela são da mesma família.) O nome veio do termo asteca “xitomatl” (“fruto com umbigo”), mas ele surgiu na América do Sul, nos Andes

6. AÇÚCAR
Consumo mundial – 154 milhões de toneladas por ano

Maior consumidor -Malta (64,6 kg por pessoa por ano)

Aqui no Brasil, estamos acostumados com o açúcar de cana, mas ele pode ser obtido a partir de muitas plantas. O de beterraba, por exemplo, foi “inventado” no século 16 e começou a ser produzido metodicamente a partir de 1747 na Alemanha. Hoje, esse componente é um dos grandes vilões da saúde mundial, causando problemas como obesidade e diabetes. Os EUA ficam logo atrás de Malta no ranking de consumo

5. CERVEJA
Consumo mundial – 166 milhões de toneladas por ano

Maior consumidor -Holanda (177,8 kg por pessoa por ano)

Os belgas produzem as melhores “loiras” do mundo. Mas são seus vizinhos que entornam o caneco. Os holandeses bebem cerca de meio litro por dia! No Egito, cerveja era considerada remédio. Foram encontrados traços do antibiótico tetraciclina, provavelmente vindos da bebida, em ossos no sul do país, datados de 500 d.C.

4. BATATA
Consumo mundial -217 milhões de toneladas por ano

Maior consumidor -Bielorrússia (182,8 kg por pessoa por ano)

É originária do Peru e, quando foi levada pelos colonizadores espanhóis à Europa, assustou os camponeses, porque seus frutos podem causar dor de barriga e até morte por envenenamento. Mas, como se adapta fácil a vários climas, tem um excelente valor nutricional e é saborosa, acabou se popularizando. Só na Bielorrússia, a batata aparece em mais de 300 pratos típicos!

3. ARROZ
Consumo mundial -354 milhões de toneladas por ano

Maior consumidor -Bangladesh (173,3 kg por pessoa por ano)

Surgiu na China há mais de 9 mil anos e, desde então, está muito ligado à cultura oriental. Em Bangladesh, as palavras “comida” e “arroz” são sinônimas! O país é ótimo para o cereal, já que sua plantação exige grandes áreas inundadas e Bangladesh conta com três grandes rios e muita chuva durante as monções (entre junho e outubro)

2. TRIGO
Consumo mundial -439 milhões de toneladas por ano

Maior consumidor -Azerbaijão (207,5 kg por pessoa por ano)

Alguns historiadores afirmam que, sem o trigo, jamais teriam surgido civilizações baseadas em cidades, como a babilônica e a assíria. Isso porque esse cereal se adapta a diversos climas, pode ser cultivado em larga escala e armazenado por longos períodos (até 30 anos, em ambientes livres de umidade e calor!). No Azerbaijão, 56% das calorias consumidas pela população vêm do trigo

1. LEITE E DERIVADOS
Consumo mundial -589 milhões de toneladas por ano

Maior consumidor -Finlândia (379,2 kg por pessoa por ano)

Todos os mamíferos bebem leite, nem que seja só durante nossos primeiros anos de vida. Quando crescemos, em teoria, não precisamos mais dele. Mas nossa história de amor com essa bebida é intensa e antiga – foram encontrados na Polônia artefatos utilizados na produção de queijo com mais de 8 mil anos de idade! Os finlandeses consomem muito leite para compensar a pouca oferta de vegetais frescos nessa região fria e úmida. Felizmente, uma mutação genética tornou os nórdicos mais tolerantes à lactose. Enquanto na Tailândia 90% dos adultos não conseguem digerir leite, na Finlândia esse número cai para 17%

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for As 10 comidas mais comidas no mundo

Deixe o seu comentário