Cachoeira volta à prisão e mulher posta: ‘Deus na direção da minha vida’

Andressa e Cachoeira: postagens nas redes durante período 'turbulento' na vida do bicheiro. (foto: Reprodução/Facebook)

Andressa e Cachoeira: postagens nas redes durante período ‘turbulento’ na vida do bicheiro. (foto: Reprodução/Facebook)

Pedro Willmersdorf, no Extra

Já virou tradição: é só o bicheiro Carlinhos Cachoeira voltar ao centro dos noticiários que sua mulher, a empresária Andressa Mendonça, se manifesta nas redes sociais. Já teve post com barrigão, publicação declarando que a saudade “corrói a alma”…e, nesta quinta-feira, Andressa mais uma vez deu o ar da graça.

Após decisão unânime do Tribunal Regional Federal da 2ª região (TRF-2) que determinou que Cachoeira volte para o regime de detenção fechada, o contraventor foi preso esta manhã em um hotel de Copacabana. No Facebook, claro, a esposa se manifestou.

“Deus na direção da minha vida”, escreveu Andressa como legenda de uma imagem com frase de efeito. “Precisamos entender que mesmo que as coisas fujam do nosso controle, elas continuam rigorosamente sob os cuidados de deus”, diz a foto.

Drummond como homenagem ao amado

Um dia após o bicheiro Carlinhos Cachoeira ser preso, em Goiânia, no início de julho, em uma ação da Polícia Federal, sua mulher também apareceu nas redes.

Ela, que se tornou mãe há pouco mais de um mês, postou uma singela foto em que Cachoeira beija sua barriga quando ainda estava carregando no ventre Clara, a primeira filha do relacionamento dos dois. Como legenda, o poema “Além da Terra, além do céu”, de Carlos Drummond de Andrade.

“Além da Terra, além do Céu, no trampolim do sem-fim das estrelas, no rastro dos astros, na magnólia das nebulosas. Além, muito além do sistema solar, até onde alcançam o pensamento e o coração, vamos! Vamos conjugar o verbo fundamental essencial, o verbo transcendente, acima das gramáticas e do medo e da moeda e da política, o verbo sempreamar, o verbo pluriamar, razão de ser e de viver”, dizem os versos do poeta.

Antigo conhecido da Justiça

Cachoeira foi preso em fevereiro de 2012, quando a Polícia Federal deflagrou a Operação Monte Carlo, apreendendo 31 pessoas que seriam ligadas ao esquema de contravenção do bicheiro envolvendo exploração da jogatina mediante corrupção de forças policiais e de integrantes dos governos de Goiás e do Distrito Federal.

Em dezembro daquele ano, ele foi condenado a 39 anos e 8 meses pelos crimes de peculato, corrupção, violação de sigilo e formação de quadrilha. No entanto, Cachoeira recorreu da sentença e passou a aguardar a decisão da Justiça em liberdade. Sendo assim, pediu a mão de Andressa em casamento, oficializando uma união que vinha desde 2010.

Em setembro do ano passado, o casal terminou o casamento. Separação que durou um mês, apenas. Em novembro, Andressa anunciou que estava grávida de seu primeiro filho com Cachoeira. Ela já é mãe de dois filhos de um outro relacionamento. À época, ela anunciou no Instagram sua gravidez.

Também alvo da investigação da Operação Monte Carlo, Andressa foi absolvida em maio de 2012. Durante sessões da CPI instalada no Congresso Nacional para apurar o esquema comandado pelo marido, chamou atenção de parlamentares e da imprensa, se tornando popularmente conhecida como Musa da CPI.

13876695_1738253693082598_5389820985381237033_n

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Cachoeira volta à prisão e mulher posta: ‘Deus na direção da minha vida’

Deixe o seu comentário