Família comemora emprego de pai após entrega de currículo no semáforo

Misael Bueno Veloso conseguiu vaga de motorista em Sorocaba.
Relato da ação do filho no trânsito foi postada em rede social e repercutiu.

Família distribuiu cópias do currículo do pai no trânsito de Sorocaba (foto: Carlos Dias/G1)

Família distribuiu cópias do currículo do pai no trânsito de Sorocaba (foto: Carlos Dias/G1)

Publicado no G1

O clima é de emoção e alívio na casa da família que distribuiu currículo no semáforo para colocar fim ao desemprego do pai. Após uma das 400 cópias ser compartilhada na internet por uma estudante que recebeu o documento no trânsito e comover milhares de pessoas, Misael Bueno Veloso comemora a conquista de uma vaga de motorista com início marcado para a próxima semana, em Sorocaba (SP). “Sempre há esperança “, diz ao lado do filho e a esposa após sete meses de desemprego.

Empolgado, o motorista recebeu o G1 em casa e lembrou a semana movimentada e com boas notícias. “Já fiz os exames e entreguei os papéis. Agora, só estou esperando para pegar o uniforme para começar a trabalhar”, conta Veloso sobre a nova fase que terá em uma empresa que trabalha com entrega de ferro, na cidade.

A indicação para a vaga, segundo a esposa, Regiane das Neves Lara, permanece desconhecida. Entretanto, ela se diz grata e feliz em ver o marido sorrir e ansioso para começar. “É um alívio. Depois de olhar para ele com a autoestima baixa de estar em casa desempregado e agora fica todo animado. Vejo que valeu a pena a tentativa”,  comemora a diarista.

A mobilização inusitada foi ideia da esposa, mas a entrega de umas das cópias do filho para uma motorista no cruzamento da avenida Dom Aguirre, no Centro, foi o que deu início à história que marcou a vida de Natan Bueno de Veloso, de 13 anos.

“Na verdade, eu não queria ir, mas pensei que aquilo poderia ajudar o meu pai e fui. Entreguei para várias pessoas e uma delas [a estudante Laleska Bruschi, que compartilhou no Facebook] já pegava moedas quando eu disse que só queria entregar o currículo. Eu não imaginava onde ele [currículo] poderia chegar, mas é bom ver meu pai feliz”, comenta o adolescente que não conteve as lágrimas e abraçou o pai.

De acordo com Laleska, a sensação positiva por causa do gesto que teve ficou ainda melhor ao ter conhecimento sobre o novo emprego do homem que não conhecia. “Eu não imaginava que ele conseguiria o emprego. A divulgação [na rede social] era para ajudar mesmo na contratação e fiquei emocionada quando soube do trabalho”, complementa.

Força-tarefa’

Filho se emocionou ao lembrar da ação em família (foto: Carlos Dias/G1)

Filho se emocionou ao lembrar da ação em família
(foto: Carlos Dias/G1)

A motorista foi surpreendida quando já procurava moedas para dar ao adolescente quando notou que ele não estava querendo dinheiro, apenas uma ajuda para o pai. A abordagem no dia 28 de julho sensibilzou a estudante Laleska, que publicou a história com os dados na internet e o relato repercutiu com mais de 6 mil curtidas em menos de uma semana.

Segundo os pais, cerca de 400 cópias foram distribuídas para motoristas com a intenção de conseguir trabalho e não pedir dinheiro.

“Toda semana ele [marido] ia nas agências e empresas, mas nada de entrarem em contato. Então, foi um meio de pedir socorro e nós não estávamos querendo dinheiro. Só procurávamos pessoas que conhecessem alguém que pudesse ajudar”, detalhou a mãe.

Após se propagar pela internet, pessoas se engajaram na causa. Dentre os comentários, apareceram indicações e apoiadores da ação. “Quando parei no semáforo aquele dia, me senti extremamente tocada com a ação daquele menino quando ele me pediu ajuda para arrumar um emprego para o pai. Adorei ver como as pessoas abraçaram a causa que é muito simples e, ao mesmo tempo, tão importante no momento que vivemos”, avaliou a jovem de 19 anos.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Família comemora emprego de pai após entrega de currículo no semáforo

Deixe o seu comentário