Quanto custa uma medalha de ouro – e por que as do Rio 2016 são diferentes

foto12

Publicado no G1

Elas são os objetos mais desejados nesses dias no Rio de Janeiro, o reconhecimento com o qual 10.500 atletas de 206 países sonham para coroar os esforços de anos de treinamento e dedicação.

Os organizadores dos Jogos Olímpicos de 2016 encomendaram 2.488 medalhas para recompensar seus atletas, dos quais 812 são de ouro.

Mas quanto vale uma medalha de ouro da Rio 2016?
Para estimar um valor, a primeira coisa a considerar é que no caso de medalhas olímpicas, nem tudo que reluz é ouro. Sua composição atual é de 92,5% de prata; 6,16% de cobre e apenas 1,34% de ouro.
O Comitê Olímpico Internacional estabelece que cada medalha de ouro deve conter pelo menos 6 gramas de ouro 24 quilates.

As da Rio 2016 pesam cerca de 500 gramas. Seu valor, calculado com base na sua composição, é de cerca de US$ 600, de acordo com estimativas do Conselho Mundial de Ouro.

As últimas medalhas douradas feitas inteiramente de ouro foram entregues nos Jogos Olímpicos de 1912.

Preços recordes
Uma vez que estas medalhas são entregues, o seu valor de mercado pode ir muito além do custo dos materiais que a compõem pois tornam-se um objeto precioso para colecionadores.

Assim, uma medalha de ouro de qualquer esporte, mesmo ganha por um atleta pouco conhecido, pode ser vendido a US$ 10 mil em casas de leilão.

Mas se é uma medalha que tem uma história particular que pode torná-la mais valiosa, os números sobem muito, como foi mostrado pelo US$ 1,47 milhão pago em 2013 pela última das quatro medalhas de ouro ganhas por Jesse Owens nos Jogos Olímpicos de Berlim em 1936. O preço foi recorde.

fto2

Medalhas ecológicas
As medalhas Rio 2016 foram produzidas pela Casa da Moeda do Brasil. Com um diâmetro de 85 mm e um peso de 500 gramas são as maiores e mais pesadas da história.

Seu projeto mostra algumas folhas de louro – símbolo da vitória na Grécia antiga – em torno do logotipo da Rio 2016. Com elas, o objetivo era representar não só excelência atlética, mas também as forças da natureza e os princípios da sustentabilidade e acessibilidade.

As medalhas vêm em uma caixa de madeira em forma de pedra, que foi certificada pelo Conselho para a Proteção das Florestas, garantindo que o material procede exclusivamente de florestas que atendam aos mais altos padrões de sustentabilidade.

Para fazer isso, exigiu-se o cumprimento dos critérios ambientais rigoros e de padrões de trabalho. Por exemplo, no processo de obtenção de ouro foi proibido o uso de mercúrio, um grande poluente.

Para as medalhas de prata e bronze, 30% do material usado é reciclado.

foto3

Da mesma forma, metade do plástico usado para fazer as fitas das medalhas vem de garrafas recicladas.
Quanto às medalhas dos Jogos Paralímpicos, elas vão incorporar um pequeno dispositivo interno que faz barulho quando elas são sacudidas para ajudar os atletas com deficiência visual a reconhecer o que ganharam. O ouro é o mais barulhento; o bronze menos.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Quanto custa uma medalha de ouro – e por que as do Rio 2016 são diferentes

Deixe o seu comentário