Saiba quais são os Pokémon mais comuns e os mais raros de Pokémon Go

publicado no TechTudo

Pokémon Go permite capturar as mais diversas criaturas da série de jogos no iPhone (iOS) e Android. Saiba quais são os Pokémon mais comuns e os mais difíceis de achar no mapa do jogo dos monstrinhos virtuais da Niantic Labs e da Nintendo:

Os cinco mais comuns

Caterpie – 300 a cada 10 mil

A pequena larva pode se tornar uma enorme e bonita borboleta um dia, mas isso não quer dizer que ela seja rara. Pelo contrário, é muito fácil encontrar Caterpie pelos mapas, principalmente na parte da tarde.

caterpie-pokecc81mon-go

Rattata – 1300 a cada 10 mil

Considerado uma verdadeira “praga”, o rato Rattata é também um dos mais comuns. O roedor está por todos os lados, e é mais encontrado durante o dia.

rattata-pokecc81mon-go

Weedle – 712 a cada 10 mil

A outra lagarta da primeira geração de Pokémon, Weedle, também é bem comum em qualquer lugar do planeta – ainda mais comum que a Caterpie. Além disso, é uma criatura mais noturna em vários locais.

captura-de-tela-2016-08-29-072854

Pidgey – 1500 a cada 10 mil

O pássaro Pidgey também é bem comum e aparece praticamente em qualquer lugar dos mapas de Pokémon Go. Ele é um pássaro diurno, então espere encontrá-lo principalmente na parte da manhã. É um bom aliado na hora de subir de nível, já que evolui rápido.

pidgey_feature

Zubat – 652 a cada 10 mil

Apesar causar raiva em muitos jogadores pelas constantes aparições, Zubats não são tão comuns assim, ao menos se comparados com os Pidgeys. Zubat, é claro, é um bicho noturno, já que é um morcego, mas também aparece durante o dia.

zubac_20for_20quote0

Os cinco mais raros

Raichu – Menos de 1 a cada 10 mil

captura-de-tela-2016-08-29-073417

A evolução de Pikachu, Raichu, não é rara apenas no desenho e nos outros games, mas também em Pokémon Go. São poucos os treinadores que conseguem capturá-lo com facilidade.

Ninetales – Menos de 1 a cada 10 mil

Ninetales é uma raposa graciosa e com o pêlo na cor branca, evolução de Vulpix. É mais fácil evoluir o Vulpix, do que pegar a evolução, já que, além de difícil de achar, ela também escapa fácil.

captura-de-tela-2016-08-29-073811

Muk – Menos de 1 a cada 10 mil

Simplesmente um dos mais raros de todo o jogo. Capturar Grimer, sua forma base, já é um pouco difícil. Evoluí-lo para Muk é uma tarefa árdua. Porém, capturar um Muk já evoluído é ainda mais complicado.

muk

Kabutops – Menos de 1 a cada 10 mil

O monstro pré-histórico Kabutops é outro bem complicado de se achar, bem mais que seus “amigos” Omanyte, Omastar, Kabuto e Aerodactyl. Ele não é apenas raro, mas também muito forte para as batalhas em ginásio.

untitled-1

Dragonite – Menos de 1 a cada 10 mil

Por ser tão raro, Dragonite é quase um Pokémon lendário, apesar de termos relatos de diversos jogadores que conseguiram capturar um com certa facilidade. O que importa é que o simpático dragão laranja não se deixa ser pego com tanta sorte.

screen-shot-2016-07-10-at-90122-am1

Vale lembrar que os Pokémon lendários Moltres, Zapdos e Articuno, além de Mew e Mewtwo, ainda não estão no jogo, portanto não entram na lista de “raros”, pois não há menção de qualquer captura até o momento. Ditto é outro que ainda não está presente em Pokémon Go.

Além disso, criaturas como Kangaskhan, Tauros, Mr. Mime e Farfetch’d são exclusivos de territórios australianos, norte-americanos, europeus e japoneses, respectivamente.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Saiba quais são os Pokémon mais comuns e os mais raros de Pokémon Go

Deixe o seu comentário