Quer manter a forma? Casar pode ser uma boa ideia

Um novo estudo sugere que solteiros correm duas vezes mais risco de obesidade que os casados. Pesquisa foi realizada com homens e mulheres com diabetes

O novo estudo mostrou que, em comparação com os solteiros, os participantes casados corriam um risco 50% menor de estar com sobrepeso. Em geral, eles também tinham menores níveis de gordura no corpo - 18,9 kg nos casados contra 23,5 kg nos solteiros (foto: iStock/Getty Images)

O novo estudo mostrou que, em comparação com os solteiros, os participantes casados corriam um risco 50% menor de estar com sobrepeso. Em geral, eles também tinham menores níveis de gordura no corpo – 18,9 kg nos casados contra 23,5 kg nos solteiros (foto: iStock/Getty Images)

Publicado na Veja on-line

Sabe aquela história de que as pessoas engordam depois do casamento? Pode não ser bem assim. Um estudo apresentado durante o congresso da Associação Europeia para o Estudo do Diabetes, realizado recentemente em Munique, na Alemanha, mostrou que, na verdade, solteiros correm o dobro de risco de serem obesos quando comparados com pessoas casadas.

No estudo, pesquisadores da Universidade Yokahoma City, no Japão, mediram o peso, a altura, calcularam o índice de massa corporal (IMC) e mediram a quantidade de gordura no corpo de 270 pessoas com diabetes tipo 2. Os voluntários tinham, em média, 65 anos. Do total, 180 eram casados e 90 solteiros.

Os resultados mostraram que, em comparação com os solteiros, os participantes casados corriam um risco 50% menor de estarem com sobrepeso. Em geral, eles também tinham menores níveis de gordura no corpo – 18,9 kg nos casados contra 23,5 kg nos solteiros. Além disso, os homens casados tinham uma probabilidade 58% menor de desenvolver síndrome metabólica – uma combinação de diabetes, hipertensão e obesidade que danifica os vasos sanguíneos -, em comparação com os solteiros. Essa diferença não foi notada nas mulheres.

Uma pesquisa anterior, publicada em junho, mostrou que pessoas casadas também têm maior chance de sobreviver a um infarto: a taxa de sobrevivência delas foi 14% maior.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Quer manter a forma? Casar pode ser uma boa ideia

Deixe o seu comentário