5 dicas para se sentir mais motivado agora mesmo

Métodos de psicólogos e consultores de negócios ajudam a manter o ânimo no trabalho — e na vida

rocky-training

Humberto Abdo, na Galileu

O que motiva você? Existem milhares de respostas possíveis, mas duas características resumem o que não nos motiva: a promessa de recompensas e a ameaça da punição — ou a consequência de não terminar uma tarefa.

As recompensas, na verdade, nos forçam a considerar o trabalho de maneira limitada e oferecer incentivos restringe nossa percepção e habilidade de produzir qualquer coisa. Em uma apresentação do TED Talks, o advogado Dan Pink ilustra o problema com um teste envolvendo uma vela, fósforos e uma caixa com tachas de escritório: divididos em dois grupos, os voluntários deveriam descobrir como acender a vela sem respingar cera na mesa. Os pesquisadores ofereceram dinheiro como recompensa a um dos grupos, caso conseguissem resolver o problema.

A solução — encontrada com muito mais facilidade pelo grupo que não receberia o pagamento — foi esvaziar a caixa e prendê-la com as tachas na parede, servindo de apoio para a vela. O grupo incentivado pelo dinheiro demorou mais tempo para concluir a tarefa e, como observaram os pesquisadores, tiveram dificuldade em encontrar soluções criativas.

Para não cair em armadilhas como essa, é possível contar com pequenos truques da psicologia e impulsionar sua motivação. Saiba como:

Observe seus progressos

Um sistema criado na década de 1950 pelo consultor de gestão Peter Drucker sugere que devemos determinar metas concretas para conquistar crescimento pessoal, um fator importante de motivação.

Desista de objetivos genéricos como “ser uma pessoa com moral” ou “passar mais tempo com a família”. A teoria de Drucker, também conhecida como S.M.A.R.T., é uma maneira de ajudá-lo a administrar objetivos e reúne cinco conceitos que servem de guia:

– Específico: separe metas bem diretas e detalhadas para poder cumpri-las;
– Mensurável: “quantifique” seu desempenho e tente analisar quanto progresso foi realmente feito após as atividades;
– Atingível: não determine metas irreais. Escolha objetivos desafiadores, mas próximos da sua realidade;
– Realista: objetivos realistas consideram e reconhecem imprevistos e coisas que não podem ser controladas ao longo do caminho. Tenha isso em mente;
– Tempo limite: não esqueça de definir em quanto tempo pretende completar o objetivo e tente manter as tarefas de acordo com a data escolhida.

Considere o aprendizado um de seus objetivos principais

Ao investir em nosso crescimento pessoal, ganhamos conhecimento em certos assuntos e dominar uma ferramenta ou sistema também costuma ser bastante motivador. O empresário e autor Seth Godin sugere que, antes mesmo de começar esse processo, devemos nos perguntar “o que irei aprender ao fazer isso?” Tente delimitar três possibilidades de aprendizado e concentre-se em aprendê-las até o final.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for 5 dicas para se sentir mais motivado agora mesmo

Deixe o seu comentário