Estudante de 16 anos faz discurso poderoso sobre as ocupações

estudante

Publicado no Catraca Livre

“A quem a escola pertence?” foi a pergunta que iniciou o discurso da estudante Ana Julia, de 16 anos, do Colégio Estadual Senador Alencar Guimarães, de Curitiba (PR).

Com voz aparentemente emocionada, em sua fala durante sessão na Assembleia Legislativa do Paraná ela defendeu a legitimidade do movimento que já ocupa mais de mil instituições em todo o país.

Só no Paraná são mais de 850 escolas ocupadas em protesto contra a reforma do Ensino Médio e a PEC 241. “É um insulto a nós que estamos lá, nos dedicando, procurando motivação todos os dias, a sermos chamados de doutrinados”, disse Julia aos deputados.

“A reforma na educação é prioridade, mas é uma reforma que precisa ser debatida, que todos estejam de acordo”, opinou ela em relação à medida provisória. A adolescente também criticou o programa Escola sem Partido, “que mostra que não temos capacidade de pensar por nós mesmos”.

Quando citou o assassinato do estudante Lucas Eduardo da Mota, também de 16 anos, cometido em uma escola ocupada da capital paranaense, ela foi interrompida ao dizer que os parlamentares estavam “têm a mão suja de sangue”. Confira o vídeo do discurso na íntegra:

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Estudante de 16 anos faz discurso poderoso sobre as ocupações

Deixe o seu comentário