Senador Roberto Requião critica manifestantes: ‘Mentecaptos manipuláveis’

Relator do projeto de abuso de autoridade no Senado, ele usou o Twitter para disparar contra os atos e a Lava Jato

Senador Roberto Requião (foto: Geraldo Magela/Agência Senado/VEJA)

Senador Roberto Requião (foto: Geraldo Magela/Agência Senado/VEJA)

Eduardo Gonçalves, na Veja on-line

O senador Roberto Requião (PMDB-PR), relator do projeto de abuso de autoridade no Senado, usou o seu perfil no Twitter para criticar os manifestantes que saíram às ruas neste domingo em apoio à Lava Jato e contra as mudanças feitas no pacote anticorrupção. O senador chamou os participantes dos atos de “mentecaptos manipuláveis” e os integrantes da força-tarefa da Lava Jato de “fundamentalistas e paladinos”. Nos últimos dias, membros do Judiciário e do Ministério Público têm atacado o projeto de abuso de autoridade por o verem como uma tentativa de intimidar as investigações.

No Twitter, Requião também prometeu entregar um substitutivo ao projeto na próxima terça-feira. “Com pitis ou sem pitis, com histerias e passeatas, ou sem, estou trabalhando para oferecer ao Senado, na terça, uma boa proposta de lei”, escreveu. O senador ainda fez posts contra o pacote das Dez Medidas contra a Corrupção, que foi aprovado na Câmara com diversas mudanças e agora está em discussão no Senado. “O conteúdo das ‘dez medidas’ vendia combate a corrupção, mas entregava fascismo e regressão a barbárie corporativa”, escreveu o senador.

Na última quinta-feira, o juiz Sergio Moro foi ao Senado para discutir a proposta de abuso de autoridade. Na ocasião, o magistrado defendeu que ela não fosse debatida neste momento e que fosse incluído um artigo, garantindo que não configuraria crime a divergência na interpretação da lei penal.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Senador Roberto Requião critica manifestantes: ‘Mentecaptos manipuláveis’

Deixe o seu comentário