Tati Quebra Barraco recebe mensagens de ódio após morte do filho

Equipe da funkeira distribui nota informando que ‘as redes sociais da artista têm recebido centenas de comentários completamente desumanos’

A funkeira Tati Quebra Barraco (Divulgação/VEJA.com)

A funkeira Tati Quebra Barraco (Divulgação/VEJA.com)

Publicado na Veja on-line

A equipe da funkeira Tati Quebra Barraco distribuiu nota no início da noite deste domingo afirmando que a artista tem recebido mensagens de ódio após a notícia de que seu filho Yuri Lourenço da Silva, de 19 anos, foi morto durante uma operação policial na Cidade de Deus, onde morava. Tati estava se apresentando em Belo Horizonte quando recebeu a notícia e chegou ao Rio hoje pela tarde.

“Nas últimas horas, as redes sociais da artista têm recebido centenas de comentários de ódio e completamente desumanos”, informa o comunicado. “Repudiamos o desrespeito à tragédia que é qualquer mãe ter que enterrar um filho.” Além de palavrões, comentários nas contas da funkeira no Twitter e no Facebook dizem que o filho da artista “mereceu” e que Tati foi a culpada pela tragédia “por não ter dado educação” ao filho.

A nota informa ainda que Tati também tem recebido “milhares de mensagens” de conforto. “Agradecemos ao apoio de amigos e fãs nesse momento tão difícil”, complemento o texto.

“Esperamos que a verdade – sobre uma suposta troca de tiros que nunca ocorreu – chegue à tona e que os responsáveis por registrarem/divulgarem fotos indevidas/desrespeitosas em um momento como esse sejam punidos. Nos apoiamos nessa esperança e na fé para consolar o coração dos familiares de Yuri, que pedem privacidade nesse momento de luto.”

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Tati Quebra Barraco recebe mensagens de ódio após morte do filho

Deixe o seu comentário