Alunos da PUC arrecadam R$ 10 mil para ajudar vendedor de bolos

Seu Haroldo virou o queridinho dos estudantes após lição diária de superação (foto: Reprodução/Wendy Andrade)

Seu Haroldo virou o queridinho dos estudantes após lição diária de superação (foto: Reprodução/Wendy Andrade)

Pedro Willmersdorf, no Extra

Há cerca de quatro meses, Seu Haroldo Soares, de 64 anos, decidiu vender os bolos feitos com carinho pela mulher, Dona Shirley Soares, de 53 anos, ali em frente ao prédio da PUC-Rio, na Gávea. Desde então, o aposentado sai diariamente da comunidade de Rio das Pedras, na Zona Oeste, onde vive, para emplacar os quitutes de sua companheira de 32 anos de vida entre os alunos da universidade. E só volta para casa quando esgota seu “estoque”, faça chuva ou faça sol, dure quantas horas durar a jornada de trabalho..

Seu sorriso, carisma, simpatia e “grito de guerra” (falando repetidamente a palavra “bolo, bolo, bolo”) chamaram atenção de diversos estudantes. Muitos deles decidiram compartilhar a história de Seu Haroldo virtualmente, e, consequentemente, surgiu uma preocupação: a queda das vendas no período de recesso, o que afetaria diretamente a renda familiar de Haroldo.

A repercussão nas redes foi tanta que os alunos se organizaram em uma campanha de arrecadação chamada “Natal do Haroldo”, com direito a barraquinha montada no campus. Em três dias, os jovens conseguiram R$ 10 mil, entregues ao vendedor nesta segunda-feira, em cheque.

— Ele não cabia de felicidade, ressaltou o esforço do filho em estudar, do quanto precisa ajudar a filha, da mulher que não está bem de saúde e todas as dividas que pretende quitar com esse dinheiro. Fui embora com o Haroldo, e ele voltou cumprimentando cada pessoa que passava por ele e, claro, cada barraquinha — relembra o estudante de Comunicação Social Wendy Andrade, de 23 anos. Ao lado de um colega de classe, o jovem já traça planos para o futuro de Seu Haroldo — Queremos trabalhar a estratégia de marketing dele!

Em sua página no Facebook, Wendy compartilhou a história do vendedor e como milhares de alunos da PUC o abraçaram na campanha. Viralizado, com mais de 13 mil compartilhamentos, o post do estudante foi um ingrediente a mais para impulsionar a doce história de sucesso de Seu Haroldo.

Ao EXTRA, Seu Haroldo compartilhou sua felicidade ao telefone, enquanto se arrumava em casa para mais um dia de jornada pela frente.

— Peço a Deus e Nossa Senhora que abençoe a garotada. Eu e minha família estamos sem palavras para agradecer o que eles fizeram pela gente — comenta o vendedor, pai de quatro filhos e avô de duas netas.

Dona Shirley, sua esposa, também se emociona ao comemorar o sucesso dos bolos da família Soares.

— Fico muito gratificada por eles terem gostado do jeitinho do Haroldo e feito isso pela nossa família — diz a mulher, orgulhosíssima do marido.

Aliás, para quem quiser colaborar com o sucesso do Seu Haroldo, fica a dica: cada bolo custa R$ 3, dos mais variados sabores, como chocolate com coco, morango, banana. Como já dito anteriormente, o sorridente vendedor pode ser encontrado diariamente, em frente à PUC-Rio.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Alunos da PUC arrecadam R$ 10 mil para ajudar vendedor de bolos

Deixe o seu comentário