2016 não termina nunca: nevou no Deserto do Saara

É a primeira vez que a neve cobre a região em 37 anos

Montanhas no Saara são cobertas por neve, na região de Ain Sefra, na Argélia (foto: Karim Bouchetata/Facebook)

Montanhas no Saara são cobertas por neve, na região de Ain Sefra, na Argélia (foto: Karim Bouchetata/Facebook)

Publicado na Veja on-line

Um fotógrafo amador registrou imagens incríveis de neve cobrindo as areais do Deserto do Saara, fenômeno que não acontecia desde 1979. O argelino Karim Bouchetata ficou atordoado diante do inesperado cenário nas proximidades da cidade de Ain Segra, na Argélia, nessa segunda-feira.

“Todos ficaram espantados de ver a neve cobrindo o deserto”, disse Bouchetata. “A neve ficou sobre a areia por cerca de um dia antes de derreter completamente”.

Esta é a segunda vez em que a neve cobre as areias dessa região do Saara – em fevereiro de 1979, nevou por cerca de meia hora, no primeiro evento do tipo de que se tem notícia.

No entanto, o fenômeno não chega a surpreender os especialistas. “Apesar de ser uma região desértica, também há chuvas no norte da África. Com frio intenso, pode nevar”, explica o meteorologista Augusto José Pereira Filho, professor da Universidade de São Paulo.

O maior deserto do mundo ocupa uma área de 8,6 milhões de quilômetros quadrados do norte da África. No verão, as temperaturas chegam perto dos 50 graus. A cidade de Ain Segra, fica a 1.000 metros acima do nível do mar e é cercada pelas montanhas da Cordilheira do Atlas.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for 2016 não termina nunca: nevou no Deserto do Saara

Deixe o seu comentário