Anda borocoxô? Veja 8 maneiras para recuperar o ânimo antes da virada

Dançar sozinho ou acompanhado promove bem-estar físico e emocional (foto: Getty Images)

Dançar sozinho ou acompanhado promove bem-estar físico e emocional (foto: Getty Images)

Melissa Diniz, no UOL

Fim de ano é sempre assim, muita gente desanimada e ansiosa para iniciar o novo ciclo. Mas em vez de lotar sua “timeline” nas redes sociais de reclamações sobre 2016, que tal aproveitar os dias que restam e fazer algo simples, prático e eficiente para recuperar o ânimo e renovar as energias agora?

Veja dicas do psicólogo Nicodemos Borges, especialista em terapia comportamental e cognitiva pela USP (Universidade de São Paulo), para levantar o astral.

1. Mude o visual

Quebrar a rotina é sempre uma forma saudável de espantar a monotonia. Isso também serve para o visual. A intensidade da transformação vai depender da coragem e da personalidade de cada um. Nem sempre é necessário comprar peças novas, mas usá-las em combinações inusitadas ou complementar com acessórios descolados pode fazer uma grande diferença. Cortar e mudar a cor dos cabelos também são ótimas pedidas para o fim de ano. O importante é sair do comum, ressaltar pontos positivos na própria aparência, sentir-se cuidado e ter a sensação de energia renovada.

Por que funciona: sentir-se mais bonito tem um impacto positivo na autoestima, aumenta a disposição para sair, fazer programas divertidos e (por que não?) namorar. Quando a mudança é fruto de uma idealização antiga que se concretiza, ativa-se o sistema de recompensa (mecanismo cerebral relacionado ao prazer), causando uma sensação de bem-estar e autorrealização.

2. Ajude alguém

Não é necessário salvar o planeta nem se transformar em uma pessoa caridosa da noite para o dia. Fazer pequenos favores e gentilezas– como segurar a porta do elevador, dividir tarefas em casa, ajudar o vizinho a carregar as compras, oferecer carona a um colega de trabalho ou dar passagem no trânsito– é mais impactante do que se pode imaginar e ajuda a desafogar a vida de alheia. A melhor maneira de fazer isso é observar as necessidades de quem está ao seu redor, percebendo de que maneira é possível ser mais útil.

Por que funciona: quando observamos as necessidades do outro, deixamos de dar tanta importância às nossas preocupações e problemas. Sentir-se útil também melhora a autoestima e dá sensação de que o mundo pode ser um lugar mais gentil e solidário.

3. Desapegue-se do que não tem mais utilidade

Dizem os especialistas em organização que se um objeto não está em uso há pelo menos seis meses, dificilmente será usado novamente. E não são apenas aquelas camisetas esquecidas na gaveta, mas os potinhos que se acumulam no armário da cozinha, os livros já lidos e os aparelhos que vivem desligados. Fim de ano é a hora certa para separar o que pode ser descartado, reciclado ou doado. Quem entope a vida de coisas velhas não abre espaço para o novo. Além disso, acumular quinquilharias junta poeira e desorganiza qualquer ambiente.

Por que funciona: acabar com a bagunça tem uma finalidade terapêutica. Quem tem dificuldades para organizar a própria vida pode dar o primeiro passo arrumando o guarda-roupas, por exemplo. Quando termina, dá uma sensação de empoderamento e de missão cumprida. Além disso, fazer doações a pessoas necessitadas também aumenta a sensação de bem-estar.

4. Adote um pet

Se a vida está cinza e você anda solitário, adotar um pet pode ser a solução. Bichos fazem companhia, dão afeto e trazem novas atividades à rotina, como sair para passear pelo menos duas vezes por dia, no caso dos cachorros. Mas, atenção: não aja por impulso. Antes de adotar, pense que um animal vive muitos anos, precisa de cuidados e não pode ser descartado depois.

Por que funciona: diversas pesquisas científicas já comprovaram que a convivência com animais de estimação é bastante positiva para a saúde física e mental. Acariciar um pet aumenta a produção de substâncias químicas que proporcionam prazer e relaxamento e diminui os hormônios ligados ao estresse.

5. Aprenda algo novo

Quem nunca se sentiu bem após ganhar novos conhecimentos ou habilidades? Além da sensação de superação, aprender algo diferente também abre novas possibilidades de trabalho e amplia a rede de contatos e amizades.

Por que funciona: o aprendizado aumenta a criatividade, estimula a mente, traz satisfação e prazer, melhora a autoestima e ajuda a sair da rotina, principalmente quando se faz um curso.

6. Dance, dance, dance

A dança é uma das atividades físicas mais prazerosas que alguém pode fazer, pois envolve música, ritmo e movimento. Dançar está na moda, emagrece e traz bem-estar. Se você não quer ou não pode se matricular em uma academia de dança, ligue o som, afaste os móveis e requebre sem medo de ser feliz, sozinho ou acompanhado. Vale também transformar as festas em família em um grande baile de Carnaval.

Por que funciona: A dança melhora a disposição física e o humor, pois faz o cérebro liberar substâncias relacionadas ao prazer, como a serotonina e a endorfina. Quem dança sai mais de casa e acaba conhecendo muitas pessoas também.

7. Visite um lugar desconhecido

Viajar é um remédio eficiente contra quase todos os problemas da vida, pois oferece uma gama de novas experiências condensadas: conhecer pessoas, culturas, gastronomias e ampliar visão de mundo como um todo. Se o momento não permite grandes aventuras, procure descobrir em sua própria cidade espaços novos que possam ser explorados. Conhecer parques, praças, templos, jardins ou mesmo um restaurante diferente pode ser uma ótima maneira de quebrar a rotina.

Por que funciona: porque ajuda a treinar o olhar para enxergar o belo e o novo, ainda que sem sair do local em que se vive. Isso traz leveza e alegria, aumenta o repertório cultural e amplia o círculo de amizades.

8. Fique um tempo fora das redes sociais

Passar horas seguidas nas redes sociais pode despertar sentimentos nada positivos. No ambiente virtual, vemos vidas editadas em que tudo parece belo e bom. As imagens podem despertar tristeza e inveja em quem não tem o corpão da amiga ou não foi àquela festa incrível. Isso sem contar os posts “barra pesada”, lotados de reclamações, que só contribuem para piorar o astral coletivo. Além disso, depois de muitas horas de navegação, o internauta tem uma sensação de vazio e de tempo perdido. Organize-se para ficar o mínimo possível.

Por que funciona: porque permite viver mais no mundo real, interagir com pessoas, sair de casa e fazer todas as atividades listadas acima.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Anda borocoxô? Veja 8 maneiras para recuperar o ânimo antes da virada

Deixe o seu comentário