5 histórias arrepiantes envolvendo locais que foram palcos de tragédias

03131214638184

Publicado no Mega Curioso

1 – Vozes do além

O One Trade Center, como você deve saber, foi construído no local onde antes ficavam as Torres Gêmeas, alvo dos atentados de 11 de setembro em 2001 — que resultaram na morte de cerca de 3 mil pessoas. Pois toda vez que o edifício é atingido por ventos mais fortes, é possível ouvir uma espécie de assovio, um som que muitos associam com os lamentos daqueles que pereceram durante o ataque terrorista que destruiu os edifícios originais. Confira a seguir:

Várias testemunhas contaram que o ruído começou a ser ouvido a partir da passagem do furacão Sandy por Nova York e o descreveram como sendo um coral de vozes emanando do One Trade Center. Outras pessoas acreditam se tratar dos sussurros de almas penadas, e os cientistas, por sua vez, explicaram que o som é produzido quando ventos fortes atingem o edifício a partir de determinado ângulo.

2 – Assombrações

03130449156177
A Tailândia foi um dos muitos locais afetados pelo devastador tsunami registrado no Oceano Índico em 2004 — e que resultou na morte de um número estimado entre 230 mil e 280 mil pessoas. Pois desde que a tragédia aconteceu, inúmeras histórias sobre incidentes fantasmagóricos envolvendo as vítimas começaram a circular pela internet.

Um deles aconteceu em 2005, quando um taxista tailandês concordou em transportar um grupo de turistas estrangeiros até a praia Kata, mas descobriu seu veículo vazio ao chegar no destino. Outro homem que trabalhava como vigia de um terreno nas Ilhas Andaman, onde existia um hotel antes do tsunami, pediu demissão por não conseguir suportar os supostos gritos que ele ouvia todas as noites de uma hóspede que teria morrido na tragédia.

Outra história sinistra foi a de uma família — também da Tailândia — cujo telefone não parava de tocar dia e noite e, toda vez que alguém atendia, era possível ouvir as vozes de familiares e amigos que haviam morrido no tsunami implorando para que eles fossem resgatados do crematório antes que seus corpos fossem queimados.

3 – Visitas sinistras

Você deve se recordar do poderoso terremoto que atingiu o Japão em 2011, certo? Com magnitude de aproximadamente 9 Mw, o sismo durou cerca de 6 minutos e levou à formação de um tsunami que, além de destruir inúmeras casas e edifícios e causar danos estruturais seríssimos que culminaram no acidente nuclear de Fukushima, matou cerca de 20 mil pessoas.

Pois, pouco tempo depois da tragédia, inúmeros sobreviventes começaram a relatar encontros com vizinhos e amigos que morreram durante o tsunami. Várias pessoas disseram se deparar com esses indivíduos — completamente encharcados — em suas casas, enquanto outras diziam ver olhos que as encaravam de poças de água.

Também existem relatos de sobreviventes assombrados por aparições de vítimas com membros faltando — como braços, pernas e até as cabeças —, e outros que revelaram o surgimento repentino de regiões frias em suas residências. Várias pessoas chegaram a pedir a ajuda de exorcistas para se livrar das assombrações, e os psiquiatras explicaram que essas visões sinistras podiam estar relacionadas com o transtorno de estresse pós-traumático.

4 – Rosto fantasmagórico

03130625546179

Todos os anos, milhares de pessoas visitam o Memorial do USS Arizona em Pearl Harbor, no Havaí, que marca o local onde o encouraçado foi afundado por tropas japonesas na Segunda Guerra Mundial. Mais de mil marinheiros morreram durante o bombardeio da embarcação — e cerca de 900 corpos jamais foram recuperados e continuam no fundo do mar.

Em 2011, uma mulher chamada Susan De Vanny visitou o memorial e fez inúmeras fotografias no local. Então, quando a turista regressou ao seu hotel e começou a ver as fotos, ela teve um choque ao descobrir a imagem a seguir:

A fotografia acima, como você viu, parece mostrar um rosto, e Susan disse acreditar que se tratava de um dos marinheiros que morreram durante o bombardeio do USS Arizona tentando transmitir a ela uma mensagem do além.

5 – Anjo militar

03130710234181

Em 1917, durante a Primeira Guerra Mundial, um cabo chamado Will Bird estava dormindo com outros dois soldados em um bunker próximo a Vimy, na França, quando, de repente, ele começou a ser chacoalhado por um par de mãos um pouquinho antes do amanhecer. Ao abrir os olhos, atônito, Will esperava ver um de seus companheiros tentando acordá-lo, mas, em vez disso, ele se deparou com seu irmão — que havia sido morto em batalha dois anos antes.

Segundo o relato de Will, seu irmão não disse absolutamente nada além de pedir que ele o seguisse. O fantasma saiu caminhando calmamente, e o militar — corajoso — foi atrás. O espírito o guiou até algumas ruínas e, chegando lá, desapareceu. Inconformado de “perder” o irmão pela segunda vez, Will se deitou no chão e permaneceu entre os escombros por várias horas.

Então, quando o cabo decidiu retornar ao bunker, ele descobriu que o local havia sido atingido por uma bomba e que todos os que se encontravam no interior haviam morrido. Essa história é conhecida porque Will decidiu escrever sobre ela e, segundo admitiu, ele estava convencido de que o espírito de seu irmão havia salvado sua vida.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for 5 histórias arrepiantes envolvendo locais que foram palcos de tragédias

Deixe o seu comentário