Por essa você não esperava: ‘A Bela e a Fera’ é uma metáfora sobre a AIDS

02153835321198

Publicado no Mega Curioso

Se te pedissem para resumir o desenho “A Bela e a Fera”, como você faria? Diria que é sobre uma jovem que fica presa em um castelo até se apaixonar por seu sequestrador e acabar com a maldição sofrida por ele e seus funcionários? Pense de novo: segundo o diretor do remake, o longa animado era uma metáfora sobre a AIDS.

Na época em que o filme foi lançado, no início dos anos 90, a epidemia da síndrome tomava conta dos noticiários. Porém, o tabu sobre o assunto era muitíssimo grande, por isso abordá-lo em uma animação da Disney precisaria ser feito com a maior inteligência possível – tanto que esse plot twist só foi revelado agora!

Bill Condon, diretor do remake em live action que chegará aos cinemas neste mês, contou que o compositor Howard Ashman se viu representado na história da mocinha presa no castelo, só que na condição da Fera. Tanto que ele incentivou que o roteiro focasse mais nessa personagem, que tinha sofrido uma maldição que afetava não só a ele, mas a todos que o amavam – algo que o próprio Ashman sentia, ao se descobrir portador do HIV.

02152856012192

O compositor foi uma das primeiras figuras públicas a assumir sua condição

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Por essa você não esperava: ‘A Bela e a Fera’ é uma metáfora sobre a AIDS

1 Comentário

  1. Dennis disse:

    Atenção: ” A Bela e a Fera” é um conto francês de 1740, quando obviamente não existia a AIDS. O filme da Disney é só uma adaptação. Esse texto está muito mal escrito.

Deixe o seu comentário