Passar fio dental, descascar vegetais e outras 11 tarefas que você pode deixar de fazer agora

publicado na Época Negócios

Um grupo de médicos no Reino Unido fez uma lista de procedimentos que trazem pouco ou nenhum benefício aos pacientes, como fazer um exame de raio-x se você está com dor nas costas. Segundo os autores, os médicos só fazem esses pedidos por medo de que o paciente não confie neles. Mas além desses procedimentos médicos, existem muitas atividades diárias que realizamos e que têm pouca eficácia. Por isso, o jornal britânico The Guardian listou uma série de tarefas que a ciência comprovou que são ineficazes.

fio-dental

1. Comer cinco porções de frutas e vegetais por dia
O número de porções recomendadas não é consenso. O governo britânico recomenda cinco, mas, na Dinamarca, o recomendado é comer seis porções de frutas ou vegetais. Na Austrália, fala-se em sete porções diárias. Só não se esqueça de comer alguns vegetais, ok?

2. Tomar suplementos de vitamina C
Se, quando você começa a se sentir doente, corre para a farmácia para comprar suplementos de vitamina C, saiba que gastou dinheiro à toa. Diversos estudos foram feitos e comprovaram que, a não ser que você more em uma região completamente congelada, fume uma quantidade enorme de cigarros ou se submeta a estresse físico extremo de forma regular, o comprimido de vitamina C não ajudará em nada.

3. Passar fio dental
Em agosto, a Associação Britânica de Saúde Dental declarou que passar fio dental não tem eficácia, acrescentando que todos os estudos realizados nos últimos 25 anos eram de “muito má qualidade”.

4. Lavar seus jeans com frequência
Parece óbvio que o certo a fazer quando suas roupas estão sujas é lavá-las. Mas o CEO da Levi’s, Chip Bergh, aconselha os consumidores a não fazerem isso com os jeans. A lavagem, segundo ele, faz com que as peças fiquem gastas mais rapidamente e gasta água demais.

5. Tomar oito copos de água por dia
O número apareceu pela primeira vez em um guia de ingestão diária recomendada nos Estados Unidos há 70 anos, e não leva em consideração a idade, altura, peso ou quanto de atividade física você faz. Em vez disso, tome água até que sua urina fique clara – isso significa que você está hidratado.

6. Usar a geladeira de forma desnecessária
Colocar tomates na geladeira não faz com que fiquem bons por mais tempo. Você também não deve guardar batatas no refrigerador. Isso estraga o amido, o que faz com que o tubérculo fique com um gosto estranho. Já o pão estraga mais rápido na geladeira. A cebola também não deve ir para o refrigerador, já que precisa ficar em um ambiente bem ventilado. Frutas como banana e abacate também não devem ficar na geladeira, porque não vão amadurecer. O ketchup também não precisa por lá. Ele só vai ocupar espaço.

7. Lavar o cabelo todos os dias
Lavar o cabelo todos os dias é desnecessário. Para quem tem o cabelo liso, um dia sim e um não é uma boa proporção. Aqueles com cabelos enrolados podem lavar com menos frequência.

8. Descascar vegetais
Grande parte das fibras insolúveis dos vegetais está na casca, então pare de jogar essas fibras fora. Mas não deixe de lavá-los.

9. Escolher um item no canto direito superior do cardápio
O design de cardápios de restaurantes é baseado em psicologia complexa. Sabendo que seus olhos naturalmente focam no canto direito superior do cardápio, é nessa área que os estabelecimentos anunciam os itens mais rentáveis.

10. Descartar comida que está fora do prazo de validade
Quando as empresas calculam o prazo de validade, não significa que o alimento estraga imediatamente depois daquele dia. A não ser que o alimento tenha cheiro de estragado ou esteja coberto de mofo, possivelmente estará bom.

11. Tirar sonecas
Um professor da Universidade de Tóquio publicou um estudo em setembro alegando que tirar uma soneca de uma hora em horário regular durante o dia pode aumentar em 45% o risco de uma pessoa desenvolver diabetes tipo 2.

12. Alongar-se antes de praticar exercício
É improvável que a prática melhore seu desempenho ou que reduza o risco de lesões.

13. Acompanhar as notícias o dia todo
De acordo com o professor Graham Davey, da Universidade de Sussex, consumir um fluxo ininterrupto de notícias negativas pode contribuir significativamente para arruinar seu humor, e pode evoluir para depressão, ansiedade e estresse.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Passar fio dental, descascar vegetais e outras 11 tarefas que você pode deixar de fazer agora

Deixe o seu comentário