Nem só a nudez é castigada: livro reúne fotos censuradas pelo Instagram

publicado na BBC
“Você não pode publicar fotos ou outros tipos de conteúdo que sugiram violência, nudez, nudez parcial, discriminação, atos ilegais, transgressões, ódio, pornografia ou sexo por meio do serviço”, diz o termo de uso da rede social.

“Se você vir algo que possa violar as nossas diretrizes, por favor colabore com a gente usando a opção de denúncia. Temos uma equipe internacional que analisa essas denúncias e age rapidamente para remover os conteúdos que violam nossas normas”, afirma outro trecho.

_95390335_91ycmyjus8l

Mas para a modelo, fotógrafa e artista sueca Arvida Byström, essas regras estabelecem uma espécie de “censura moderna”.

Ao lado da artista digital porto-riquenha Molly Soda, Byström começou a coletar imagens vetadas pela rede social, fazendo uma convocação por meio da plataforma para que os usuários enviassem suas “imagens censuradas”.

Com o material compilado, elas publicaram o livro Pics or it didn’t happen: images banned from Instagram (“Se você não fotografou, não aconteceu: imagens banidas do Instagram”, em tradução livre).

“Não surpreendentemente, essas políticas (do Instagram) têm sido uma fonte de tensão e debate para muitas pessoas criativas que usam a rede social como uma forma de expressão pessoal”, diz o prefácio da publicação.

A maioria das imagens é de mulheres.

Algumas são artistas visuais em ascensão, como a canadense Petra Collins ou a argentina Amalia Ulman. Também se destacam a poeta indiana Rupi Kaur e a fotógrafa britânica Harley Weir.

_95393320_1205044

_95393868_13e8af2d-efbb-43d4-8609-14063414c65e

_95393871_07101c65-f879-477f-be20-296151f4b00e

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Nem só a nudez é castigada: livro reúne fotos censuradas pelo Instagram

Deixe o seu comentário