Pastor chora na TV ao desabafar sobre homofobia e é abraçado por Thammy

OFICIAL-DEZ16-2

Publicado no UOL

O pastor evangélico Claudio Duarte chorou no “Programa Raul Gil” do último sábado (20) ao desabafar sobre homofobia. Ele relembrou uma história envolvendo um irmão gay e não conteve as lágrimas no quadro “Elas Querem Saber”. Thammy Miranda, que participa da atração, solidarizou-se e deu um abraço no líder religioso.

O assunto começou Val Marchiori perguntou se o pastor era contra o casamento gay. “Não sou a favor do relacionamento. No mais, eu respeito. Eu tenho as minhas convicções e tenho a base naquilo em que acredito”, explicou Claudio Duarte, que contou uma história sobre seu passado com um irmão homossexual.

“Eu vou falar algo para vocês. É até algo muito difícil de falar para mim. Meu pai casou diversas vezes e eu fui criado por muitas famílias diferentes. Por onde eu passei, muitas vezes eu saí desses lares porque não falava, porque não cumpria o padrão daquela casa. Quando eu estava lá, as pessoas não me queriam, porque eu não seguia aquele padrão. Eu parei de falar, fiquei introvertido, porque o que eu falava me causava mal”, relembrou.

“Mas em um desses lares, eu vivi com um cara que foi meu irmão, e ele era gay. Ele tinha uma situação melhor do que a minha. Eu usava o tênis dele, aquela época difícil. Usava as roupas, mas o cara era meu irmão. O sangue dele não corria nas minhas veias, mas a Bíblia diz que há amigos mais chegados que irmãos. Não tem problema nenhum”, disse, às lágrimas.

Emocionado, o pastor disse que não vai deixar de achar errado a homossexualidade e foi interrompido por Thammy: “Mas também não é errado você achar errado”. Claudio Duarte terminou o desabafo defendendo o amor e o respeito acima dos valores e condenando a “extremidade”.

“Mas isso não nos torna inimigos. Por que eu não posso sentar ali com você e bater um papo? Por que eu não posso te dar um abraço, te respeitar? Por que você não pode fazer uma visita à igreja que eu pastoreio, ser bem recebido? Você está entendendo? Essa coisa absurda da extremidade, sabe, que tornou o mundo no que está. Nunca vou negociar com divórcio, adultério, homossexual. Não vou negociar. Mas eu vou amar, vou respeitar”, afirmou, sob aplausos da plateia e de Thammy, que abraçou o pastor.

O desabafo de Claudio Duarte viralizou na internet. Em menos de 48 horas, o vídeo teve mais de 500 mil visualizações.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Pastor chora na TV ao desabafar sobre homofobia e é abraçado por Thammy

1 Comentário

  1. carlos disse:

    UM NOVO NICHO DE MERCADO PARA OS PASTORES…

Deixe o seu comentário