Elefante mata caçador esmagado ao ser abatido durante a caça

publicado na Galileu

O caçador sul-africano Theunis Botha, de 51 anos, foi morto durante uma caçada na província de Gwai, no Zimbabwe. O homem e seu grupo cruzaram com uma manada de elefantas grávidas e foram cercados por três dos animais.

hunter-dies-crushed-shot-elephant-theunis-botha-coverimage

Enquanto faziam os disparos com rifle, um quarto elefante surgiu e ergueu Botha com a tromba. Um dos caçadores do grupo abriu fogo e, ao matar o elefante, fez com que o animal caísse em cima de Botha, esmagando-o.

Botha, que deixou cinco filhos e a esposa, era conhecido por liderar grupos de caça de leopardos e leõs. Segundo o site da empresa em que trabalhava, Game Hounds Safaris, o caçador era pioneiro em um estilo eropeu de caça conhecido como Monteira, no qual corpos de cães são usados para atrair cervos e javalis para o abate.

O sul-africano era amigo de um outro caçador que também morreu recentemente durante uma expedição. Scott van Zyl, de 44 anos, estava no Zimbábue quando desapareceu nas margens do Rio Limpopo. Mostras de DNA recolhidas dos dentes de dois crocodilos — que foram abatidos durante a procura pelo corpo — bateram com a de Scott.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Elefante mata caçador esmagado ao ser abatido durante a caça

4 Comentários

  1. Grajhev disse:

    Um dia da caça, outro do caçador, tá certo.

  2. Paulo disse:

    Sou a favor da caça.desde que seja para comer, não Concordo com a caça de troféus mas é que este tipo de caçada Legalizada angareia fundos para que o governo possa reforçar a segurança a parques nacionais a fim de controlar a caça ilegal.mimha humilde opinião.

  3. Cleverton Araújo disse:

    Vai tentar caçar o capeta agora fdp. A família dos elefantes agradece.

  4. luiz disse:

    Minhas sinceras condolências á família do elefante.

Deixe o seu comentário