Mulher nasceu para servir, afirma Andressa Urach

alx_urach-5_original

Publicado na Veja

A ex-modelo Andressa Urach voltou a causar nas redes sociais. A polêmica da vez é a declaração que ela deu para a apresentadora Luciana Gimenez, da Rede TV!. Ex-miss bumbum, Andressa se converteu ao cristianismo e defendeu que as mulheres sejam submissas aos maridos.

“A mulher nasceu para servir e dar carinho. Se o marido não gosta de algum comportamento ou roupa, por que eu não vou concordar com ele, se sei que ele quer o melhor para mim?”, disparou ela.

Andressa afirmou ainda que o marido é a cabeça da relação. “Já o homem é o líder, a cabeça da relação. Com carinho e jeitinho, não precisamos impor nada, conseguimos tudo o que quisermos de um homem.”

De acordo com o jornal Extra, a ex-modelo também fez uma crítica ao movimento feminista. “Essa coisa de ser muito feminista, não dá”.

Em 2015, Andressa foi internada e precisou ser sedada após complicações de uma aplicação de hidrogel. Logo após esse episódio, ela se converteu e chegou a divulgar uma linha de roupas comportadas.

“Ao ficar cara a cara com a morte, percebi que nada mais importava. Tudo pelo que eu havia lutado, minha beleza, minhas bolsas, minhas roupas, meu carro – deixei tudo para trás. Foi o momento em que eu percebi que eu não era nada, que nós só estamos aqui neste mundo para salvar as nossas almas. Agora, graças a Deus, eu posso avisar outras mulheres que a vaidade não é tudo. Se tudo isso serve de exemplo para alertar outras pessoas sobre os perigos dessas coisas, para salvar outras mulheres de uma morte prematura, essa foi a razão pela qual eu tinha que passar por isso”, afirmou ela ao Tje Daily Mail em 2015.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Mulher nasceu para servir, afirma Andressa Urach

3 Comentários

  1. Eduardo Preto disse:

    Só derrotado na droga pra aceitar o estelionato dessas seitas.

  2. O engraçado é q os justiceiros sociais descem a lenha quando a mulher opta por servir livremente seguindo sua religião, mas quando se trata da Sharia onde se a mulher n seguir morre apedrejada já ficam de paudurasso.

  3. Rute Gabriel disse:

    Nem todos os homens tem condiçôes de liderar nada,sāo alienados, muitos nāo consegue cuidar nem da sua própria vida, de sua saúde entāo nem se fala,

Deixe o seu comentário