Sportflix, a ‘Netflix do esporte’, não tem autorização de Globo e Fox para transmissões

publicado na Gazeta do Povo

A Sportflix, surgida recentemente como nova ‘sensação’ do mercado de transmissões, espécie de “Netflix do esporte”, não detém autorização de Globo e Fox para veicular via internet competições que estão na carta das duas emissoras.
Em seu material de divulgação no Facebook, o Sportflix anuncia as transmissões em streaming do Campeonato Brasileiro e da Libertadores da América, por exemplo. No entanto, o primeiro tem os direitos de transmissão adquiridos pela Globo e o segundo pela Fox.

sportflix-900x505

“Não houve qualquer contato. Primeiro, precisamos conhecer a proposta, para depois conversarmos, o que não significa que faremos negócio. De certo, que há uma série de direitos envolvidos”, diz Fernando Manuel Pinto, responsável pela Diretoria de Direitos Esportivos do Grupo Globo.

No caso do Brasileiro, a Globo detém os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro até a próxima temporada, 2018, para tevê aberta, fechada e pay-per-view e com veiculação em todas as plataformas, incluindo a digital.
Já a partir de 2019, há uma divisão entre os clubes para transmissão em canal por assinatura. A Globo tem contrato com determinados clubes, como Corinthians e Flamengo, e o Esporte Interativo com outros, casos de Atlético e Coritiba.

Em nota, a Fox da América Latina também negou qualquer contato com a Sportflix. “A Fox desmente de forma categórica ter mantido contato ou estar atualmente em negociação com a empresa Sportflix para discutir a respeito de qualquer direito esportivo”.

Sportflix, lançamento mundial em 30 de agosto

Com lançamento mundial em 30 de agosto, e cerca de 50 mil pré-inscrições, a Sportflix promete transmitir ao vivo os principais eventos esportivos do planeta, como Copa do Mundo, NBA, MLS, UFC, NFL, Wimbledom, Liga dos Campeões e as ligas de futebol da Espanha, Inglaterra, Espanha etc.

Tudo isso com três planos disponíveis: US$ 19,99 (familiar), US$ 24,99 (bussiness) e US$ 29,99 (platinum), com possibilidade de assistir pelo computador, celular ou laptop. No Facebook, a página do Sportflix já detém quase 50 mil curtidas.

Entretanto, como se percebe pelas declarações das emissoras, e apesar do engajamento considerável, a “Netflix do esporte” trata-se ainda de algo obscuro. A empresa originada no México tem como vice-presidente e criador Matias Said, um mexicano-argentino.

“Estamos focados para que a plataforma funcione, para que tenhamos serviço da melhor qualidade. Hoje estamos prontos, próximo de ser lançado. Vamos ter uma programação muito extensa de futebol”, declarou Said, ao site La Afición, site especializado em esportes do México

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Sportflix, a ‘Netflix do esporte’, não tem autorização de Globo e Fox para transmissões

Deixe o seu comentário