O “mistério” do Triângulo das Bermudas foi resolvido

triangulo-das-bermudas-838x603

Publicado no Hypescience

Aviões e navios não desaparecem mais no espaço entre Porto Rico, Flórida e Bermudas mais do que em qualquer outra parte do mundo.

Vários relatórios apontam que não há significância estatística para a região. Embora existam muitos mecanismos naturais que poderiam afundar barcos sobre os oceanos, quase nenhum deles existe no Triângulo.

Acontece

Durante uma entrevista para a news.com.au, o cientista australiano Karl Kruszelnicki observou que o número de navios e aeronaves que desaparecem na área “é o mesmo que em qualquer outro lugar do mundo, numa base percentual. [A região] Está perto do equador, perto de uma parte rica do mundo, a América, portanto, tem muito tráfego”.

De acordo com Kruszelnicki, o mito por trás do Triângulo das Bermudas começou quando vários navios militares de alto perfil – e suas subsequentes missões de resgate – afundaram na região entre a Primeira e a Segunda Guerras Mundiais.

Na realidade, o clima terrível e os barcos e as aeronaves menos resistentes da época foram os responsáveis por muitos dos desaparecimentos.

Alguns dos pilotos que sumiram também eram propensos a cometer erros catastróficos, incluindo se perder frequentemente, beber muito antes de voar, e até mesmo sair sem o equipamento apropriado a bordo.

O nascimento da lenda

Corpos e destroços nunca foram encontrados na maioria dos casos, mas isso não é surpreendente, considerando que o Triângulo das Bermudas é um enorme corpo de água incrivelmente profundo.

Ainda hoje, os destroços de aviões e barcos raramente são localizados (em qualquer parte do mundo), apesar dos enormes avanços na tecnologia de reconhecimento e rastreamento.

No entanto, a combinação de desaparecimentos altamente divulgados garantiu o nascimento de uma lenda.

Logo, muitas hipóteses surgiram tentando “explicar” esses desaparecimentos. Mais recentemente, foi sugerido até que bolhas de metano que se elevam do chão do mar têm engolido barcos na área. Embora isso tenha alguma plausibilidade científica, há um grave problema: não há reservas de metano sob o Triângulo.

Conclusão

Em resumo, nenhuma organização científica respeitável considera o Triângulo das Bermudas uma região propensa a desaparecimentos de barcos, aviões e pessoas. [IFLS]

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for O “mistério” do Triângulo das Bermudas foi resolvido

Deixe o seu comentário