Estudo mostra por que você perdeu contato com seus amigos do ensino fundamental

publicado na Galileu

De acordo com uma nova pesquisa, publicada na Psychological Science, a maior parte das amizades dos primeiros anos de escola está condenada. Os cientsitas da Florida Atlantic University analisaram as amizades de 410 alunos de sétima série, falando com eles uma vez a cada ano até que eles se formassem no esnino médio. E a análise mostrou que apenas 1% das amizades do ensino fundamental estavam intactas no fim da escola.

goonies1

O motivo para o fim das amizades? Se você não se encaixa nos 1%, sabe que são as diferenças entre as crianças que ficam mais evidentes com os anos e que as afastam. A pesquisa analisou se sexo, idade, etnia, agressividade, popularidade e competência acadêmica afetavam a duração da amizade. Mas todos os tipos de pessoa tinham as mesmas chances – baixíssimas – de manter as amizades antigas. Ou seja, valentões, populares, nerds, meninos ou meninas passavam pelo mesmo fenômeno de renovação de círculos sociais.

E, claro, o fim dessas amizades magoa bastante. De acordo com os pesquisadores responsáveis pelo estudo, as amizades significam bastante para nós durante a escola – mais do que significavam nos primeiros anos da infância e mais do que significarão na vida adulta.

Confira outras estatísticas levantadas pela pesquisa:

1. Metade das amizades formadas nos primeiros anos de escola não dura um ano acadêmico inteiro.

2. Amizades formadas na oitava/nona séries são instáveis porque provavelmente não sobreviverão a transição para o ensino médio.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Estudo mostra por que você perdeu contato com seus amigos do ensino fundamental

Deixe o seu comentário