Após 100 anos de buscas, santuário da deusa Ártemis é descoberto na Grécia

publicado no Hypeness

Na perspectiva da história e da influência da cultura da Grécia antiga sobre o resto da humanidade, um século não quer dizer muito. Foi esse, porém, o tempo que arqueólogos levaram para encontrar o templo de Ártemis, a deusa da caça, na ilha grega de Eubeia.

Uma equipe formada por arqueólogos suíços e gregos enfim pôde encerrar os esforços que começaram no início do século 20.

Baseados em uma obra do filósofo Estrabão, que no século 1 a.C. afirmou que o templo estava localizado a uma distância de “sete estádios” da cidade de Erétria, calculando o valor de cada “estádio” como 185 metros, a procura por vestígios do templo começou. Na década de 1970, porém, compreendeu-se que a distância era na verdade de 60 “estádios”, ou cerca de 11 quilômetros.

Artemis1

Artemis9

As primeiras descobertas, que indicavam que o templo estaria por perto, aconteceram nos anos 1990. Em 2007 novas descobertas foram feitas, e dez anos depois, enfim, os pesquisadores encontraram provas definitivas de que ali era o santuário de Ártemis, através de inscrições.

Artemis7

Artemis8

Artemis10

O local era, na Grécia antiga, o ponto final de uma procissão anual em homenagem à deusa, que partia da cidade de Erétria. Esse não é, porém, o único ponto de devoção à Ártemis conhecido: um templo em Éfeso, na Turquia, é considerado uma das sete maravilhas do mundo, e foi o maior templo do mundo antigo.

Artemis2

Artemis3

Artemis4

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Após 100 anos de buscas, santuário da deusa Ártemis é descoberto na Grécia

Deixe o seu comentário