8 casos bizarros de amnésia que renderiam bons filmes

publicado na Galileu

Casos de amnésia são frequentemente relatados em filmes e programas de TV, mas nem todos são como o do personagem do filme deChristopher Nolan, Amnésia, de 2000 — que, aliás, é uma ótima indicação para quem curte suspense. Pensando nisso o Live Science relacionou alguns dos casos de esquecimento curiosos que valem a pena conhecer.

dory-nemo

Henry Molaison, ou Paciente H.M.
Um dos casos mais famosos e estudados sobre amnésia na história da medicina: o do Paciente H.M. Em 1953, aos 27 anos, o paciente foi submetido a uma cirurgia que o levou a esquecer acontecimentos diários “quase tão rápido quanto eles ocorreram” — alô, Dory! —, uma condição que durou até sua morte em 2008. Os neurocientistas estudaram sua memória por cinco décadas, o que os ajudou a compreender melhor o cérebro humano.

Ansel Bourne
O personagem de Matt Damon no filme Jason Bourne tem o mesmo sobrenome que um homem do século 19 chamado Ansel, que também sofreu com a perda de memória. Em março de 1887, Bourne, um pregador evangélico de Rhode Island, acordou na Pensilvânia sem conseguir lembrar como chegou lá. Ele não conseguia recordar de nenhum dos eventos dos últimos meses, de acordo com a Sociedade Histórica da Pensilvânia.

W.O.
Um procedimento rotineiro de canal dentário, em 14 de março de 2005, deixou um britânico de 38 anos, chamado pelos médicosde “WO”, incapaz de formar novas memórias. Todas as manhãs desde então, ele acorda acreditando estar no dia em que fez o procedimento em 2005, como informou o Washington Post. (Mais oo menos a situação da personagem de Drew Barrymore no filme Como Se Fosse a Primeira Vez.)

Aparente, o problema do paciente não é formar novas lembranças, mas “gravá-las”, um processo conhecido como “consolidação”, que ocorre entre as sinapses, permitindo ao cérebro acessar as memórias mais tarde.

Anthelme Mangin/Octave Monjoin
Um francês encontrado em uma estação ferroviária de Lyon, em 1918, foi incapaz de lembrar quem era e não soube explciar como tinha chegado lá. O homem fazia parte de um grupo de 65 soldados gravemente traumatizados que haviam retornado à França com oficiais alemães, mas não tinha nada que comprovasse sua identidade, de acordo com o relato do autor Jean-Yves le Naour, em um livro que retrata o ocorrido.

Ele passou por asilos e, quando os administradores do hospital compartilharam sua foto nos jornais em 1922, 300 famílias disseram que ele era um parente desaparecido. Os psiquiatras não se convenceram e o homem permaneceu sem identificação.

Finalmente, em 1930, foi identificado em como Octave Monjoin (ele era conhecido como “Anthelme Mangin”), mas nunca se recuperou do trauma que sofreu na guerra e nunca recuperou a memória.

Naomi Jacobs
Aos 32 anos, a mãe solteira Naomi Jacobs acordou numa manhã de 2008 sem lembrar de nada que havia acontecido em seus anos passados. Jacobs acreditava que tinha 15 anos de idade — (De repente 15?). Sua casa e seu próprio filho de 10 anos eram completamente desconhecidos, embora ela ainda pudesse recordar números de telefone e como dirigir um carro, informou o Daily Mirror.

Jacobs tinha mantido diários bem detalhados ao longo dos anos, e os usou para reunir detalhes de sua vida, como uso de drogas, episódios psicóticos e relações abusivas, de acordo com o Sydney Morning Herald. Sua memória retornou lentamente, mas a maior parte jé estava restaurada em 8 semanas. Depois disso, Jacobs escreveu sobre a experiência em seu livro, ainda sem versão brasileira.

Michelle Philpots
Uma mulher britânica chamada Michelle Philpots sofreu uma situação parecida com a do filme Feitiço do Tempo (1993). Desde 1994, após ferimentos na cabeça de dois acidentes automobilísticos — um em 1985 e um em 1990 — ela se tornou incapaz de formar novas memórias e apagou todas as suas lembranças ateriores à 1994, de acordo com o Daily Telegraph.

“Minha memória foi embora e não há como voltar. Eu entendo a mudança na minha vida. Eu sei que não posso recuperar minha vida antiga, mas acho difícil aceitar isso”, disse Philpots ao Mirror.

Scott Bolzan
Uma queda no banheiro roubou 46 anos de lembranças de Scott Bolzan, um ex-atleta da Liga Nacional de Futebol Americano (NFL). Depois de bater a parte de trás da cabeça, Bolzan não lembrou de sua esposa e filhos, de seu tempo como jogador, ou de sua carreira subsequente na aviação, relata o ABC News.

Uma análise cerebral mostrou que não havia fluxo de sangue para o lobo temporal direito do cérebro, que está associado à memória. A amnésia retrógrada de Bolzan — que apaga memórias ateriores a uma lesão — é um dos casos mais graves registrados e provavelmente é irreversível. No entanto, Bolzan não sofreu problemas mentais de nenhuma outra maneira e ainda pode formar novas memórias.

Clive Wearing
Em 1985, um caso de encefalite herpética — um vírus que ataca o cérebro e o sistema nervoso — deixou o maestro, músico e musicologista Clive Wearing de 47 anos, incapaz de lembrar de qualquer coisa antes daquele ano. Ele também se tornou incapaz de formar novas lembranças, com um período de memória de apenas alguns segundos, informou o New Yorker em 2007.

Documentado em 1986 no filme Prisoner of Consciousness, ou Prisioneiro da Consciência, é possível ver Wearing consciente de que algo estava terrivelmente errado com ele e “sob a constante impressão de que ele acabara de sair da inconsciência, porque ele não tinha evidência em sua própria mente de já estava acordado antes “, escreveu sua esposa Deborah em suas memórias.

No entanto, sua habilidade musical se manteve intacta, e ele ainda é capaz de cantar, tocar e interpretar músicas.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for 8 casos bizarros de amnésia que renderiam bons filmes

Deixe o seu comentário