Campanha de Marina Ruy Barbosa com papel higiênico revolta internautas

Publicado no UOL

A peça publicitária do “primeiro papel higiênico preto do Brasil”, com diz a campanha da marca Personal, fez repercutir uma polêmica em pouco tempo após seu lançamento na segunda-feira (23).

Estrelada pela atriz Marina Ruy Barbosa, a campanha foi criada pela Neogama e direcionada à mídia online. As fotos foram feitas pelo renomado Bob Wolfenson, famoso no mundo da moda.

A empresa usou como estratégia de divulgação do produto a hashtag #BlackIsBeautiful, e foi aí que a polêmica começou.

Internautas se mostraram indignados com a referência (Black Is Beautiful), movimento cultural disseminado nos anos 60 nos Estados Unidos e que visava empoderar negros.

“Pior de tudo é a falta de bom senso em adotar #BlackIsBeautiful pra campanha, pqp a frase tem um fundo histórico”, criticou uma internauta. “A questão não é o termo #Blackisbeautiful, é #produto. No mundo #representalista e antenado d #hj, o #slogan mau escolhido sabota o #branding”, comentou outro. “Agora o Brasil é o único país onde se vc pesquisar #blackisbeautiful vai aparecer a Marina Ruy Barbosa e não Nina Simone”, disse mais um.

Mas teve também a parcela de públicou que criticou a enorme repercussão. “Aí inventam um papel higiênico preto com o slogan #blackisbeautiful, e já são taxados de racistas”, faou um internauta. “#blackisbeautiful é marca registrada? Se sim, faz sentido a polêmica em cima do termo. Do contrário, não vejo problema algum usar o slogan”, falou outro.

A diretora de marketing da marca, Lucia Rezende, explicou a campanha: “O preto é lindo. A cor sempre foi considerada ícone de estilo e refinamento nos universos de luxo e da moda. Agora, Personal Vip Black traz este conceito também para a decoração e nossa campanha reflete essa integração entre a cor e a sofisticação”.

Procurada pelo UOL, a assessoria de imprensa de Marina Ruy Barbosa disse que deve se manifestar. A assessoria da Personal também não comentou e polêmica até o momento.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Campanha de Marina Ruy Barbosa com papel higiênico revolta internautas

2 Comentários

  1. Eduardo Preto disse:

    Gente chata do caralho, os caras estão se referindo ao papel higiênico na propaganda. Se alguém associou à raça negra, o problema não está nos publicitários ou na marca, eles não são responsáveis pela leitura feita pelos receptores.

Deixe o seu comentário