Como o tédio nos ajuda a ser mais criativos e saudáveis

publicado na BBC

Uma observação que permanece válida nos dias de hoje. Em nossa sociedade, o tédio é visto como algo de que devemos escapar, seja por meio de joguinhos no telefone celular ou lendo o mural de publicações de alguma rede social.
E não é surpresa tal desconforto com o tédio: veja a importância dada a uma vida ocupada – as pessoas mais ricas que conhecemos costumam trabalhar por muitas horas, e estar sempre ocupado se transformou em símbolo de status.
Para diplomatas, estrutura do Itamaraty abre caminho para arbitrariedade e perseguição política

Ao mesmo tempo, ócio e tédio são reservados para os “eternos perdedores”, preguiçosos e procrastinadores. São conceitos associados a uma suposta falta de propósito na vida. Em uma sociedade em que o conceito de felicidade está tão atrelado à produtividade, as pessoas entediadas devem, logicamente, estar infelizes.

O psicanalista Martin Wangh descreve o tédio como uma “inibição de fantasias”, e um número de estudos concluiu que pessoas com “tendências ao tédio” carecem de estímulos externos e se frustram facilmente diante de situações mais desafiadoras.

Mas talvez nós estejamos olhando para o tédio de maneira errada. Uma quantidade crescente de pesquisas sugere que podemos estar sofrendo prejuízos quando não nos permitimos ficar entediados vez ou outra.
Canalize sua ociosidade

Muitas de nossas melhores ideias surgem em momentos de maior ociosidade mental, como a jornada para o trabalho, um banho de chuveiro ou uma longa caminhada. Há até quem especule se nossos momentos mais criativos não ocorrem quando estamos mais entediados.

Em um estudo da Universidade da Pensilvânia (EUA), os psicólogos Karen Gasper e Brianna Middlewood constataram em testes que participantes entediados tiveram melhor desempenho que os mais relaxados ou entusiasmados.

As acadêmicas pediram que voluntários assistissem a vídeos supostamente evocadores de certos sentimentos para depois fazer exercícios de associação de palavras.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Como o tédio nos ajuda a ser mais criativos e saudáveis

Deixe o seu comentário