Os trabalhos das celebridades antes da fama

Publicado na Rolling Stone

As pessoas costumam ter a impressão de que todas as celebridades nasceram com um fotógrafo correndo atrás delas e marcas de roupas disputando quem vai vesti-las para uma determinada festa ou cerimônia. A verdade é que muitas delas deram duro no começo da carreira e, antes de conseguirem fazer algum dinheiro com o trabalho que têm hoje, ralaram muito – como, aliás, ainda ralam, porque ser ator/músico nunca deixa de ser difícil. A lição que fica é que todo mundo teve que dar duro para descobrir aquilo que ama fazer e chegar longe. Veja a seguir em que trabalharam dez profissionais do entretenimento antes da fama.

Ashton Kutcher


Essa pessoa que começou a carreira de ator como o egocêntrico e tapado Michael Kelso, em That ’70s show, e alcançou fama no cinema como um bobão procurando o carro está, na verdade, mais para Walden Schmidt, seu personagem em Two and a Half Men. Antes de ser modelo – caminho que o levou para a atuação –, Kutcher estudava engenharia bioquímica. Ele escolheu a formação (que abandonou para seguir a carreira artística) porque queria ajudar a descobrir a cura para um problema no coração que aflige o irmão gêmeo dele. Durante a faculdade, ele também trabalhou como faxineiro para ajudar a pagar pelo curso.

Madonna


Antes de ser a rainha do pop, a cantora trabalhou como garçonete, em Nova York. Ela servia em uma loja da rede Dunkin’ Donuts durante o dia e corria atrás da carreira de dançarina à noite.

Johnny Depp


Antes de viver Edward Mãos de Tesoura ou o Jack Sparrow de Piratas do Caribe, ele trabalhou em um posto de gasolina, em telemarketing e como mecânico e funcionário de uma obra.

Erasmo Carlos


Um dos empregos pré-fama mais lembrados do Brasil é o de Erasmo, que foi office boy e trabalhou como porteiro por um período, antes de abraçar a música (ou ser abraçado por ela).

Gwen Stefani


O primeiro emprego da líder do No Doubt foi em um Dairy Queen, uma cadeia de restaurantes que servem fast food e sorvete nos Estados Unidos. Depois disso, ela trabalhou no balcão de maquiagens da marca MAC em uma loja de departamentos.

Roberto Carlos


Assim como o colega de Jovem Guarda, ele teve uma profissão não artística antes da música. Foi auxiliar administrativo do Ministério da Fazenda.

Nicolas Cage


Mesmo sendo sobrinho de Francis Ford Coppola e tendo toda uma família de grandes celebridades de Hollywood, Cage começou no cinema vendendo pipoca. Ele contou certa vez: “Meu primeiro emprego foi vendendo pipoca e doces no cinema Fairfax, em Los Angeles. Eu assistia aos filmes lá e tentava maquinar como ia fazer o caminho do balcão de pipoca para a tela”.

Marcelo D2


Assim como Erasmo, D2 trabalhou como porteiro. Também foi vendedor em uma loja de móveis e camelô. Entrou para o mundo da música com o apoio e incentivo de Skunk, seu padrinho artístico.

Steve Carell


Antes de interpretar um péssimo administrador de uma franquia de empresa de papel em The Office, Carell foi um péssimo carteiro em Littleton, no estado de Massachusetts. Segundo ele, o emprego durou apenas seis meses, e aí ele pediu demissão, depois que seu chefe reclamou que ele era muito lento.

George Harrison


Uma das histórias mais famosas da formação dos Beatles é que Harrison, enquanto tocava na banda, também trabalhou vários meses como aprendiz de eletricista em uma loja de departamentos.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Os trabalhos das celebridades antes da fama

Deixe o seu comentário