Mulher mais velha do mundo revela seus segredos de longevidade: amor, longas horas de sono e bacon

Publicado no Hypeness

Para viver bastante, basta comer muitas frutas, verduras, usar os grãos certos, exercitar-se e sorrir. Pelo menos, na teoria. A norte-americana Susannah Mushatt Jones, nascida em 6 de julho de 1899, ganhou o título de a mulher mais velha do mundo. Aos 116 anos, ela viveu alguns dos eventos mais importantes da história do mundo e fez a sua parte por um futuro melhor. Mas qual é o segredo para viver tanto?

Para Susannah, que por 40 anos trabalhou como cuidadora de crianças, a longevidade exige muito amor, longas horas de sono e bacon! “Eu nunca bebo ou fumo. Eu me cerco de amor e energias positivas. Essa é a chave para uma vida longa e feliz“, afirma. Mas a idade, segundo ela, também é fruto de pelo menos 10 horas de sono por dia, um encorpado café da manhã com direito a ovos e bacon e nunca ter levado um casamento por muito tempo.

Susannah nasceu no Alabama, mas se mudou para Nova York em 1923, onde trabalhou e criou sua família. Embora não tenha filhos, ela é uma ótima tia para mais de 100 sobrinhos e sobrinhas. Embora seja cega e praticamente surda, Susannah ainda consegue andar sozinha e se orgulha de só precisar tomar dois remédios por dia. Aos 116? Nada mau!

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Mulher mais velha do mundo revela seus segredos de longevidade: amor, longas horas de sono e bacon

Deixe o seu comentário