Qual é o melhor horário para fazer exercícios? (e para levantar o ânimo?)

Publicado no El País

1. Escolher qual momento do dia para fazer alguma coisa pode fazer a diferença.
É justamente sobre isso que fala o livro Quando? A ciência de encontrar o momento exato de Daniel H. Pink. Apoiado em numerosos estudos científicos, um dos best-sellers do The New York Times resolve dúvidas como quando devemos empreender um negócio, quando começar uma dieta, quando pedir um aumento e qual é o melhor momento do dia para aproveitar ao máximo o exercício. A resposta depende em parte de seus objetivos. Aqui está um guia simples baseado nas pesquisas sobre o exercício físico, para te ajudar a decidir.

2. Perder peso
Quando acordamos, depois de não ter comido nada durante pelo menos oito horas, nosso nível de açúcar no sangue está baixo. Como precisamos de açúcar no sangue como combustível para funcionar, o exercício matutino utilizará a gordura armazenada em nossos tecidos como fornecimento da energia que precisamos (Quando fazemos exercício depois de comer, utilizamos a energia da refeição que acabamos de consumir). Em muitos casos o exercício matutino pode queimar vinte por cento a mais de gordura do que os treinamentos após ter comido.

3. Melhorar o estado de ânimo
Os exercícios aeróbicos – nadar, correr e até passear com o cachorro podem elevar o ânimo. Quando fazemos exercício de manhã, aproveitamos os efeitos o dia todo. Se você espera a tarde para fazer exercício acabará perdendo algumas boas sensações por estar dormindo.

4. Manter a rotina
Alguns estudos sugerem que somos mais propensos a aderir a nossa rotina de exercícios quando o fazemos pela manhã. De modo que se você perceber que tem dificuldades em seguir um plano, o exercício matutino, especialmente se você recrutar alguém para te acompanhar habitualmente, pode ajudar a criar o hábito.

5. Ganhar força
Nossa fisiologia muda ao longo do dia. Um exemplo: o hormônio testosterona, cujos níveis alcançam o pico de manhã. A testosterona ajuda a criar músculos, de modo que se você está treinando com pesos, programe seus exercícios para as primeiras horas da manhã.

6. Evitar lesões
Quando os músculos estão quentes, são mais elásticos e menos propensos a sofrer lesões. Por isso chamamos de “aquecimento” o que fazemos no começo de nossos treinamentos. Quando nos levantamos a temperatura corporal está baixa, sobe gradualmente ao longo do dia e atinge o pico no final da tarde e começo da noite. Isso significa que nos exercícios no final do dia os músculos estão mais quentes e as lesões são menos comuns.

7. De dar o melhor de si
Fazer exercício na parte da tarde não significa somente que é menos provável que você se lesione, também te ajudará a correr mais rápido e a levantar mais peso. A função pulmonar está em seu nível mais alto nesse momento do dia, de modo que o sistema circulatório pode distribuir mais oxigênio e nutrientes. Esse é também o momento do dia em que a força atinge o pico, os tempos de reação encurtam, a coordenação olho-mão aumenta, e o ritmo cardíaco e a pressão sanguínea diminuem. Esses fatores fazem com que seja um momento estupendo para dar o melhor de seu rendimento atlético. De fato, uma quantidade desproporcional de recordes olímpicos, especialmente no atletismo e natação, ocorreu no final da tarde e começo da noite.

8. Aproveitar um pouco mais o exercício
As pessoas costumam achar que fazem menos exercício na parte da tarde do que quando fazem exatamente a mesma quantidade de exercícios de manhã. Isso sugere que de tarde os treinamentos podem parecer um pouco menos difíceis para a mente e o espírito.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Qual é o melhor horário para fazer exercícios? (e para levantar o ânimo?)

Deixe o seu comentário