Reino Unido dará dinheiro ou presentes para quem perder peso

reino-unido-dinheiro-emgracer

Publicado no Extra

O serviço de saúde do Reino Unido planeja combater a obesidade dando dinheiro ou presentes para quem perder peso. Mas, para isso, será preciso estar empregado. Mais de dois terços dos adultos no Reino Unido são clinicamente obesos ou estão com sobrepeso, representando um gasto de R$ 20 milhões por ano com o tratamento de doenças relacionadas com a obesidade.

A medida tem gerado polêmica no país. Segundo o médico Clive Peedell disse ao “Mirror”, a política não ajudará os desempregados e, por isso, não funcionará. Já o executivo do sistema de Saúde, Simon Steven, explica que a medida foi um sucesso nos Estados Unidos. “Os empregadores em muitos países dão dinheiro para os funcionários que, por exemplo, participem do Vigilantes do Peso ou façam regimes”, contou.

Segundo Steven, os incentivos podem variar dependendo da quantidade de peso que o trabalhador perdeu, e as pessoas seriam desafiadas a competir umas com as outras. A medida faz parte de uma reformulação do sistema de saúde, que já paga aulas para pacientes obesos. Contou, essa seria a primeira vez que o sistema receberia ajuda das empresas para combater a obesidade.

Leia Mais

Site lista 13 coisas que pessoas de sucesso fazem nos últimos 10 minutos do expediente

organizar-dia-trabalho

Publicado no Extra

Muitos profissionais passam os últimos minutos do expediente olhando para o relógio, contando os segundos até a “liberdade”. Outras pessoas trabalham duro até os últimos instantes e, quando o ponteiro marca a hora de partir, pegam as coisas e vão embora, sem nem se despedir dos colegas. Segundo o site “Business Insider”, se esses hábitos fazem parte da rotina de um funcionário, está na hora de uma reavaliação.

De acordo com os especialistas ouvidos pelo site, os profissionais bem-sucedidos têm uma série de hábitos nos últimos 10 minutos da jornada de trabalho. Esses costumes ajudam a organizar o próximo dia útil e permitem que eles saiam do trabalho com a sensação de dever cumprido.
Confira a lista:

1 – Eles atualizam sua lista de tarefas

Os profissionais bem-sucedidos sempre atualizam uma lista com seus afazeres. No fim do dia, eles verificam se finalizaram algumas funções e atualizam com as tarefas que devem ser feitas no dia seguinte.

2 – Eles organizam sua mesa e computador
Os projetos demoram muito mais tempo para serem concluídos quando não estão organizados. Por isso, profissionais eficientes organizam a mesa e os arquivos no computador, salvando os documentos em pastas corretas.

3 – Eles analisam o que eles fizeram
Além de se concentrar no que ainda precisa ser feito, é importante olhar para trás e ver o que já foi feito. Esse momento de reflexão pode deixar o funcionário com um sentimento de realização, mesmo que o dia tenha sido difícil e agitado. Uma pesquisa indica que um hábito simples desse pode aumentar o nível geral da felicidade do profissional.

4 – Eles tiram um momento para refletir sobre o dia
As pessoas de sucesso buscam ver por quais motivos os projetos deram certo ou errado durante o expediente.

5 – Eles identificam as mensagens urgentes
Mesmo nos últimos minutos do expediente, e-mails, telefonemas e demandas variadas continuam sendo recebidos. Profissionais eficientes sabem o que exige uma resposta imediata e o que pode esperar até o próximo dia de trabalho.

6 – Eles mantêm o foco
As pessoas bem-sucedidas não se distraem com atividades que não são relacionadas com o trabalho nos últimos momentos do dia de trabalho.

7 – Eles determinam os seus principais objetivos para o dia seguinte
Os profissionais de sucesso têm uma lista diária de tarefas e sabem identificar os principais objetivos para o dia seguinte. Quanto mais organizada for essa agenda, mais a pessoa pode ser capaz de se concentrar no resto da sua vida com tranquilidade e ficar pronto para trabalhar no dia posterior.

8 – Eles permitem que os colegas de trabalho saibam como entrar em contato até o dia seguinte
As pessoas eficientes avisam se estarão ou não disponíveis, fora do expediente, pelo e-mail ou celular para seus chefes e colegas de trabalho. Não há uma resposta correta e não necessariamente o profissional deve ficar checando o e-mail corporativo fora do trabalho.

9 – Eles checam sua agenda do dia seguinte
Não há nada pior do que chegar no escritório e descobrir que você tem uma reunião em cinco munitos. As pessoas de sucesso tentar visualizar como o dia seguinte vai se desenrolar. Isso permite que elas cheguem para o próximo dia útil mais confiantes e menos estressados.

10 – Eles dizem obrigado a alguém
Grandes empresas são construídas com uma base de gratidão e reconhecimento. O hábito de agradecer quem lhe ajudou durante o dia, no fim da jornada de trabalho, é uma forma extremamente eficaz de aumentar o seu nível de felicidade e de ganhar pontos com os colegas de trabalho.

11 – Eles se despedem
Desejar uma “boa tarde” ou “boa noite” de forma amigável é uma atitude subestimada e requer pouco esforço. O cumprimento lembra ao seu chefe e equipe que, além de profissional, você é um ser humano educado.

12 – Eles vão embora otimistas
Sair do escritório sorrindo deixa um clima mais agradável para os colegas de trabalho. Os líderes bem sucedidos deixam essa boa impressão no fim do expediente.

13 – Eles realmente vão embora
Os profissionais de sucesso evitam a tentação de ficar no escritório. Eles sabem como é importante o equilíbrio entre o trabalho e a visda pessoal. Por isso, eles tentam sair do escritório em uma hora decente.

Leia Mais

O Viagra pode fazer bem para o coração, dizem cientistas

viagra
publicado na EXAME.com

O principal ingrediente do Viagra pode fazer bem ao coração. A descoberta é de cientistas da universidade Sapienza de Roma.

Em artigo publicado hoje no BMC Medicine, os pesquisadores apresentam os resultados de uma pesquisa sobre o PDE5i.

Principal ingrediente do Viagra e outros remédios contra disfunção erétil, o PDE5i bloqueia a ação da enzima PDE5. Essa enzima é responsável pelo relaxamento do tecido muscular liso. No caso do pênis, sua ação representa o fim da ereção.

Após analisarem dados de mais de 1.600 homens com problemas de coração em estágio inicial, os médicos italianos concluíram que a ingestão diária de doses controladas de PDE5i é capaz de evitar o crescimento do coração a longo prazo.

Além disso, eles também constataram que essa substância melhorou o desempenho do coração em todos os pacientes analisados, sem efeitos negativos para pressão arterial deles.

“Nós descobrimos que o principal ingrediente do Viagra pode ser usado como um tratamento efetivo e seguro para muitos pacientes com problemas de coração”, afirmou em nota Andrea Isidori, um dos cientistas responsáveis pelo estudo.

Agora, Isidori e sua equipe querem fazer novos testes para comprovar a eficácia do PDE5i no combate às doenças do coração em outros segmentos da população – como mulheres e homens com problemas cardiovasculares em fase avançada.

É sempre bom lembrar que o próprio Viagra é fruto de pesquisas ligadas a problemas do coração. Em 1994, os cientistas Nicholas Terrett e Peter Ellis testavam os efeitos do medicamento no tratamento de angina quando descubriram sua capacidade de combater a disfunção erétil.

Quatro anos depois, o Viagra foi lançado no mercado como primeiro remédio contra impotência pela Pfizer.

Leia Mais

Mulheres preferem abandonar sexo a chocolate, diz pesquisa

De acordo com o levantamento, as pessoas têm mais dificuldade de abrir mão de chocolate, álcool, sexo, cafeína e falar palavrões

Os especialistas justificam a escolha do chocolate por causa da endorfina que o alimento oferece,causando uma sensação de prazer e bem estar
Os especialistas justificam a escolha do chocolate por causa da endorfina que o alimento oferece,causando uma sensação de prazer e bem estar

Wendy Candido, no Virgula

Tomar decisão nunca é algo fácil. Mas se você tivesse que passar um mês sem algo, o que preferiria renunciar: chocolate ou sexo? Segundo um levantamento feito pela Instituição Pesquisa de Câncer, do Reino Unido, para as mulheres é mais difícil abandonar o doce e os homens não abrem mão do sexo.

Para chegar a essa conclusão foram entrevistadas duas mil pessoas; foi constatado que chocolate, álcool e sexo, não necessariamente nesta ordem, são as coisas mais complicadas de renunciar.

Enquanto 22% dos homens afirmaram que o sexo é uma das coisas mais difíceis de viver sem, apenas 9% delas concordaram, e em contrapartida, 22% das mulheres colocaram o chocolate como a coisa mais difícil de abandonar.

De acordo com o DailyMail, a pesquisa foi realizada para marcar o lançamento de uma campanha que incentiva testar sua força de vontade e abandonar o álcool.

“Indivíduos com mais força de vontade são provavelmente mais propensos a alcançar os seus objetivos. Alguns acreditam que a força de vontade é como um músculo, pode ficar cansado, mas também pode ser reforçado com o treinamento”, disse o psicólogo Robert West em entrevista ao tabloide britânico.

Em 2008, a Unilever realizou uma pesquisa com 13 países, incluindo o Brasil, para descobrir o que era mais irresistível para as mulheres e o estudo mostrou que as brasileiras são as maiores fãs do doce: 84% das participantes colocaram o chocolate no topo da lista e o sexo apareceu somente em quinto lugar, com 73% dos votos.

Na pesquisa, elas afirmam que comer um bom chocolate, além de garantir o bom humor, é como se presentar.

Leia Mais