Homem mantém seu cão-guia que perdeu a visão e agora os dois compartilham um cão-guia

publicado no Catraca Livre

Depois de 6 anos de companheirismo, Graham Waspe recebe a notícia mais improvável e devastadora: seu cão-guia, Edward, de 8 anos de idade, fica cego depois de desenvolver catarata. A doença, que se tornou inoperável, fez com que Edward tivesse que remover os dois olhos.

O que poderia ser apenas uma trágica história, se tornou uma lição de vida com um final alegre para os dois: seu substituto, Opal,uma “cadela-guia”, ajudaria os dois, Waspe e Edward, a se locomoverem nessa nova jornada.

Com dois anos de idade, a cadela Opal se mostrou a peça que faltava na vida de Waspe e Edward. Graham disse: “Opal tem sido ótima para nós dois. Eu não sei o que faria sem ela”.

Edward é muito famoso na cidade, é bem conhecido nas escolas e grupos comunitários , adora crianças e brincar, e mesmo depois de ter perdido a visão, ficou ainda mais popular e não perdeu a alegria de brincar e ficar rodeado por crianças.

Cao-guia_1

Cao-guia_2

Cao-guia_3

Leia Mais

Todo mundo tem algo a doar: participe do #DiaDeDoar!

dia-de-doar-YoungDoo-Moon

Suzana Camargo, no Planeta Sustentável

D-O-A-R. Quatro letras. Palavra pequena, mas com imenso significado. Talvez um dos mais bonitos e complexos termos da língua portuguesa e de tantos outros idiomas. Doar vai muito além de dar. É verbo que compreende mais do que um sujeito. Quem doa, doa a alguém ou a muitos. E para fazê-lo necessita de desprendimento, generosidade e compromisso.

Para celebrar a beleza deste conceito e promover a cultura da doação em nossas sociedades, vários países, organizações e empresas do mundo inteiro realizarão uma grande campanha no dia 2 de dezembro. A proposta é simples: conclamar companhias, indivíduos, famílias, mídia e organizações não-governamentais (ONGs) a doar.

O movimento internacional #GivingTuesday existe desde 2012, nos Estados Unidos, como resultado de uma parceria entre a organização nova-iorquina 92Y e a Fundação das Nações Unidas. É o contraponto a Black Friday e a Cyber Monday, promoções do comércio para aumentar o consumo e as vendas nas lojas virtuais no final do ano, quando se aproxima a comemoração do Natal.

Rapidamente, ganhou forte adesão internacional e, hoje, reúne mais de 10 mil parceiros em países como Nova Zelândia, Canadá, Israel, Austrália, México, Singapura e Reino Unido, onde são promovidas atividades para estimular o ato de doar. A intenção é que o movimento dissemine ações inteligentes, que possam ser replicadas e gerem impacto de grande escala nas populações mais carentes.

No Brasil, o movimento – Dia de Doar – foi organizado pela primeira vez em 2013 pelo Instituto Doar, que faz parte de uma coalização de entidades – entre elas, a Acorde e a Arredondar – e indivíduos que se uniram para promover a solidariedade no país a partir do estímulo à doação, o Movimento por uma Cultura de Doação. Em 2014, terá, pela primeira vez, o apoio do movimento internacional #GivingTuesday.

O Planeta Sustentável já está engajado nesta campanha, começando por este post e também pelo encontro que será realizado na sede da Editora Abril no dia 28 próximo (acompanhe o Facebook e o Twitter para saber mais). E você?

Lembre-se: para doar não é necessário muito. Mas deve envolver sentimento. Tem que ser de coração. Doar é compartilhar com o outro. Pode ser um objeto, um valor. Todavia, pode ser muito mais. Doar tempo, sangue, medula, carinho, conhecimento, trabalho voluntário, atenção… É um ato que tem em seu interior a vontade de mudar a vida do próximo.

Todo mundo tem o que doar. Isso é fato. Que tal começar doando um pouco do seu tempo para divulgar a hashtag #DiaDeDoar nas redes sociais? Você verá que esta ação faz  bem para todos: quem doa e quem recebe. Um universo está aberto para novas mudanças e elas podem começar com apenas quatro letras: D-O-A-R.

Leia Mais

22 sinais de que você encontrou o seu melhor amigo para sempre

publicado no BuzzFeed

1. Vocês falam um com o outro num dialeto intrincado e incompreensível, inventado por vocês, que ninguém mais entende.

2. Você se sente completamente confortável em entrar na cama deles às 4 da manhã. Sem ser convidado.

3. Eles são sabem os seus preconceitos secretos. De alguma forma, eles ainda te amam.

4. Eles “curtem” as suas atualizações no Facebook, Instagram e tweets assim que eles aparecem.

likme

5. Vocês aproveitam todos os seus prazeres ocultos juntos e tem um acordo para manter o quanto vocês não são descolados em segredo.

6. Você começou a colecionar histórias deles na sua mente para o seu discurso de Madrinha/Padrinho.

7. Vocês literalmente sempre devem dinheiro um para o outro, mas acreditam que vocês vão equilibrar a conta com o passar dos anos.

8. Vocês guardam os seus insultos mais gráficos e vulgares um para o outro.

9. Você conhece o guarda-roupa deles de dentro para fora.

10. Vocês se mantém atualizados sobre as suas funções corporais. Talvez de forma vívida demais.

enhanced-buzz-31161-1373394257-10

11. Vocês conseguem perceber o estado emocional de cada um por mensagem de texto, com base na pontuação e uso de Emojis.

12. Vocês são amigos de Facebook dos pais, irmãos e companheiros um do outro.

13. Vocês já viajaram juntos por um longo período de tempo sem acabarem querendo se matar.

14. Vocês odeiam todas as mesmas pessoas, sem perguntas.

15. Vocês podem discutir livremente as seguintes coisas: dinheiro, sexo, religião, família.

fami

16. Vocês pararam de achar que precisam usar calças quando estão perto um do outro.

17. Os Snapchats que vocês trocam provam que a face humana é capaz de fazer surpreendentes e perigosas contorções.

18. Apesar de serem indivíduos inteligentes, coletivamente vocês são realmente retardados.

19. Vocês sabem as bebidas preferidas um do outro e tornaram-se muito bons em fazê-las.

20. Vocês memorizaram as histórias românticas um do outro, incluindo heróis, vilões e até as aparições mais breves.

21. Você teve uma memória especifica para cada item dessa lista.

22. E você vai passar os próximos 20 minutos no telefone com o seu melhor amigo aprovando todos eles.

anigif_enhanced-buzz-1385-1373398764-23

Leia Mais

Conferência Vox consolida a importância de fazer o bem

vox11

Robson Gomes, especial para o Pavablog

“Nós vamos mudar o mundo porque acreditamos que somos parte da transformação do mundo”, a frase proferida por Fábio Silva, líder do movimento Novo Jeito, no último dia da Conferência Vox, resume bem todas as experiências compartilhadas neste evento, que teve como  lema a provocação “Quer? Seja!”. Realizado nos dias 14 e 15 de novembro no Carvalheira, em Recife, mais de 150 voluntários e o apoio de diversas empresas deram suporte para o círculo de palestras, que trouxe bons exemplos através de palestrantes locais, do país e do mundo.

A emoção tomou conta do primeiro dia da Conferência. A abertura contou com uma apresentação encantadora da Orquestra Criança Cidadã, recém chegada da Europa, onde teve como principal compromisso tocar para o Papa Francisco. O Maestro Nilson Galvão falou sobre o trabalho, assim como o violinista João Pedro Lima, que já desponta como um dos jovens líderes da orquestra. A presença do conjunto deu um tom mais que especial ao evento, já que a história da orquestra tem tudo a ver com o propósito da conferência, que  está na segunda edição.

Através dos depoimentos do artista plástico Bob Bates e do deputado estadual de Iowa (EUA), Ako Abdul Samad, o evento mostrou ao público presente iniciativas que fazem a diferença nos Estados Unidos. Com 74 anos de idade, Bob contou como transformou sua própria vida há três décadas para abrir uma escola de artes e ajudar crianças carentes. A atitude não passou despercebida na cidade de Los Angeles e, devido à tamanha dedicação, o projeto conseguiu o apoio da renomada Walt Disney Company. Bates se mostrou encantado pelos grafites espalhados pelos muros do Recife e incentivou os participantes a criar e sonhar através da arte, pois isso poderia mudar a vida de muitas pessoas.

Ako Abdul Samad é parceiro democrata do presidente Barack Obama. Em sua passagem pela Conferência Vox, ele testemunhou sobre a sua luta contra a violência de gangues nas periferias americanas e como transformou a sua dor em amor. Após perder seu único filho de 20 anos, baleado numa briga desses grupos, ele foi atrás do assassino, mas não para se vingar. E sim, para restaurá-lo. Ako queria que esse jovem saísse dessa vida. Para isso, cuidou da saúde e da educação do rapaz. E o resultado dessa atitude não poderia ser mais emocionante: o jovem terminou os estudos, se formou, casou e teve três filhos, com um detalhe peculiar: o mais novo tem uma mancha de nascença bem no local onde o filho de Abdul foi baleado. Ao fim de sua palestra, ele fez um convite para o amor e pediu aos espectadores para que não esperassem pelos outros para fazer a diferença. “O que você sabe fazer, só você pode fazer. Não espere que os outros façam o que só você sabe fazer de melhor”, disse.

Para o último dia, cinco convidados trouxeram suas experiências de vida para a Arena Vox. A manhã começou com a palestra da Amanda Serra, da Volunteer Vacations. A carioca contou de forma carinhosa como o seu projeto incentiva pessoas a viajarem pelo mundo para participarem de trabalhos voluntários: “Não é só a Angelina Jolie que pode fazer a diferença no mundo. Você também pode”, colocou. Entre uma palestra e outra, a apresentadora Isly Viana trazia alguns exemplos que já faziam a diferença aqui em Pernambuco. Estiveram por lá a Associação de Hip Hop do Ibura, a ONG Cores do Amanhã e a ESCAPE, um projeto que melhora a vida dos jovens através da prática do skate.

O corredor Albenes Souza veio diretamente de Brasília para compartilhar algumas vivências pessoais e da sua iniciativa, o Corredores de Ceilândia. Muito emocionado, ele pediu para que os espectadores também buscassem praticar o bem: “O melhor projeto social são as pessoas”, defendeu. O empresário Ronald Heinrichs também sensibilizou o público presente. A frente da loja online Meu Móvel de Madeira, que trabalha com móveis sustentáveis, o catarinense colocou que líderes de grandes empresas podem e devem buscar fazer algo pela sociedade: “A alma é a propaganda do negócio”, justificou Ronald.

A parte vespertina da Conferência Vox trouxe o pastor paulista Ed René Kivitz. Com bastante segurança nas palavras, ele impactou a plateia do evento ao colocar que não é necessário estar ligado à alguma religião para fazer algo pelo próximo. “Deus existe independentemente de religião”, acredita.

Por fim, o líder do movimento Novo Jeito – que também organizou o evento – Fábio Silva, divulgou mais uma edição do projeto “Mais Amor”, que ocorrerá no último dia do ano em várias partes do país, inclusive no Recife, e contou um pouco da sua experiência a frente desta ONG, que vem se destacando em todo o Brasil desde 2010: “A gente faz com que a sociedade volte a sonhar e se engajar”, colocou. Fábio encerrou seu depoimento encorajando a plateia, que lotou a Conferência, a fazer a diferença a partir daquele momento: “Que vocês sejam a generosidade desse país que ainda não sabe o que é generosidade”, finalizou.

Com tudo o que foi compartilhado nos dois dias da Conferência Vox, este círculo de debates se destaca como um dos mais importantes eventos voltados para o empreendedorismo social do Brasil. A expectativa é que os espectadores se tornem líderes capazes de fazer a diferença nas mais diversas esferas da sociedade.

fotos: Leonardo Ximenes

vox12

vox13

vox14

vox15

vox16

Leia Mais

Noivo é levantado de sua cadeira de rodas para surpreender esposa no dia do casamento

 

sgt3-910x606


publicado no Catraca Livre

O sargento Joey Johnson passou os dois últimos anos de sua vida em uma cadeira de rodas. Ele havia acabado de voltar de uma missão de 10 meses no Afeganistão quando sofreu um acidente de moto e perdeu o movimento das pernas.

sgt7-910x683

Mas no dia de seu casamento ele quis surpreender a noiva Michelle e dançar sem a ajuda da cadeira de rodas. Suspenso com a ajuda de cordas, Johnson levou a noiva e os convidados às lágrimas. Confira as fotos do grande dia.

sgt1-798x1200

Leia Mais