Arquivos da categoria: humor

30 coisas muito legais que Jesus faz em um videoclipe

Publicado no Buzzfeed

1. Pula do caminhão de lixo com os garis.

anigif_enhanced-24353-1403644867-28

2. Anda com os garis.

anigif_enhanced-25853-1403644837-7

3. Leva o lixo com os garis.

anigif_enhanced-17216-1403644859-28

4. Joga o lixo no caminhão de lixo com os garis.

anigif_enhanced-13338-1403644897-1

5. Vai embora com os garis.

anigif_enhanced-17205-1403644922-16

6. Observa a faxineira.

anigif_enhanced-20006-1403644787-15

7. Elogia a faxineira.

anigif_enhanced-17226-1403644789-28

8. Observa o parto.

anigif_enhanced-24259-1403644958-13

9. Sorri para o recém-nascido.

anigif_enhanced-19986-1403644945-33

10. Acaricia o cachorro.

anigif_enhanced-10049-1403645177-27

11. Anda com o casal e com o cachorro.

anigif_enhanced-24359-1403644991-15

12. Analisa o ponto da massa do bolo.

anigif_enhanced-17228-1403645122-5

13. Aceita um pedacinho do bolo.

anigif_enhanced-17212-1403645119-41

14. Anda de táxi.

anigif_enhanced-25760-1403645070-59

15. Observa os skatistas.

anigif_enhanced-10053-1403645006-18

16. Socorre o skatista caído.

anigif_enhanced-30399-1403645028-23

17. Vai embora com os skatistas.

anigif_enhanced-19996-1403645053-16

18. Celebra casamento.

anigif_enhanced-13378-1403645171-38

19. Diz coisas bonitas para a moça triste.

anigif_enhanced-19990-1403644779-18

20. Contempla o mundo na chuva com a moça triste.

anigif_enhanced-31860-1403644820-10

21. Corre com a mulher.

anigif_enhanced-31929-1403645220-21

22. Corre com o homem.

anigif_enhanced-17218-1403645219-17

23. Corre com o homem e com a criança.

anigif_enhanced-24029-1403645246-26

24. Empurra a criança no balanço.

anigif_enhanced-13360-1403645121-23

25. Cochicha no ouvido da criança.

anigif_enhanced-30399-1403645292-27

26. Joga Mario Kart com a criança.

anigif_enhanced-19999-1403644906-22

27. Ajuda a criança na escola.

anigif_enhanced-19990-1403645275-23

28. Dá uma ideia na ‘sôra.

anigif_enhanced-10048-1403645301-6

29. Encera o carro.

anigif_enhanced-10065-1403645168-15

30. Vigia o vigia.

anigif_enhanced-19948-1403645064-27

 

Obrigado, Senhor.

Daniel Alves joga coxinha para a arquibancada

Luciana Gimenez garantiu que Mick Jagger não virá para o Brasil

Luciana Gimenez garantiu que Mick Jagger não virá para o Brasil

Publicado impagavelmente no The Piauí Herald

ARENA CORINTHIANS – O lateral Daniel Alves agiu como um verdadeiro herói na luta contra a elitização do futebol. Num momento espontâneo, o lateral atirou uma coxinha na arquibancada. “Haaaaaaaaja requeijão, amigo”, berrou Galvão Bueno.

A atitude foi elogiada por todos os comentaristas da TV Globo. “É uma maravilha reunir todo esse PIB na arquibancada”, destacou Ronaldo.

Em poucos minutos, Luciano Huck começou a vender camisetas com seu próprio rosto estampado.

Pardon anything

turistas-rio-01Gregorio Duvivier, na Folha de S.Paulo

Hello, Gringo! Welcome to Brazil. Não repara a bagunça. Don’t repair the mess. In Brazil we give two beijinhos. Em São Paulo, just one beijinho. If you are em Minas, it’s three beijinhos, pra casar. It’s a tradition. If you don’t give three kisses, you don’t marry in Minas. In the other places of Brazil, you can give how much beijinhos you want. In Rio, the beijinho is in the shoulder.

The house is yours. Fica à vontade. Qualquer coisa é só gritar. Shout. Mas keep calm. Como é que se fala keep calm em inglês? Here the things demoram. It’s better to wait seated. Everything is atrasado, it’s like subentendido that the person will be atrasada. For a meeting, it’s meia hora. For a party, it’s two hours. For a stadium, it’s one year. For the metrô, it’s forever.

Never say you are a gringo. Yes, people love gringo but people also love money and gringos have money so people vai cobrar de você mais money because you are gringo. Say you are from Florianópolis. People de Florianópolis look like gringo and they have a strange sotaque igual like you. People will believe you are from Florianópolis.

Politics is complicated. We don’t like Dilma because of corruption but I think she don’t rob but people from PT rob and Dilma don’t do nothing to stop people robbing but politics is complicated.

Try this moqueca. Put some farofa. Try this açaí. Put some farofa. Try this chicken we call à passarinho because it looks like a little bird. Now put some farofa. Now put some ovo inside the farofa. Mix with some banana. Delicious. You don’t have farofa in your country? You know nothing, you innocent.

I’m catholic but I’m also budista and I am son of Oxóssi. How do you say Oxóssi in english? It’s the brother of Ogum. You don’t know Ogum? They are guerreiros. And my moon is in Áries. Ou seja. Imagine the mess.

Try this xiboquinha. It’s cachaça with canela and honey. Try this Jurupinga. It’s cachaça with wine. Or maybe it’s wine and sugar. Nobody knows. It’s delicious. Try this soltinho da Bahia. It’s organic. I only smoke when I drink. But the problem is drink a lot. Try this brigadeiro. This is called larica. Now put some farofa. Delicious.

This cup passed really fast. Volte sempre. Come back always! Fica lá em casa. We are family now. You like that? You can keep it. It’s your. Faço questão. I make question. Go with god and desculpa qualquer coisa. Pardon anything.

Será que já podemos rir das religiões na TV?

Tony Goes, no F5

Assim como nas conversas de bom tom, dois assuntos eram proibidos nos humorísticos de antigamente: política e religião.

O primeiro, por razões óbvias. O Brasil vivia sob uma ditadura militar, e ninguém podia criticar o governo em público. A política só reapareceu nos programas de humor na virada dos anos 70 para os 80 do século passado, graças à abertura.

A religião permaneceu um tabu. Ou pelo menos o cristianismo, em suas muitas variantes; crenças minoritárias eram alvos permitidos. Judeus e “macumbeiros” (como ainda eram chamados os seguidores das religiões afro-brasileiras) sempre foram satirizados na TV.

A internet estilhaçou essa proibição implícita. Grupos como o Porta dos Fundos lançaram diversos vídeos tirando sarro de figuras e dogmas religiosos. Tiveram milhões de acessos, mas também enfrentaram processos na Justiça.

Agora esta irreverência chegou à TV aberta. “Tá no Ar” (Globo), a sensação do momento, já mostrou comerciais da Galinha Preta Pintadinha e um clipe de Jesus cantando rap (mas sem distorcer um único de seus ensinamentos).

Semana passada, o programa avançou mais um sinal: exibiu “Crentes”, uma suposta versão evangélica do seriado “Friends”.

No dia seguinte, a internet bem que tentou criar um escândalo. Vários sites e portais publicaram notas do tipo “evangélicos se revoltam com humorístico da Globo”. E postaram os mesmos seis tuítes de fiéis ultrajados.

Vou repetir o número: seis. Meia dúzia. Não duvido que existam mais, assim como o número de ofendidos deve ser maior. Mas o escândalo pretendido pela rede simplesmente não aconteceu.

Talvez porque o quadro exibido no final do “Tá no Ar” de quinta-feira (22) não tenha nada de mais. Não insulta a fé de ninguém nem pega pesado. É preciso ser muito ingênuo (para não dizer burro) para se incomodar com ele.

O curioso é que a imprensa não foi perguntar aos babalorixás se eles estavam furiosos com a Galinha Preta Pintadinha. Afinal, sempre se pôde rir da umbanda e candomblé —eles devem estar mais do que acostumados.

Mas os evangélicos têm fama de esquentados, como se fossem crianças mimadas com quem não se deve brincar. Pois não teve até crente que encontrou mensagem demoníaca em rótulo de maionese?

Só que a mínima reação ao esquete “Crents” mostrou que alguma coisa está mudando. O próprio Marcius Melhem, um dos criadores e protagonistas do “Tá no Ar”, disse ao jornalista Mauricio Stycer que a repercussão negativa ao quadro não é representativa dos evangélicos. E não me parece mesmo que seja.

Será que finalmente estamos maduros o suficiente para rirmos até mesmo da religião? Qualquer religião?

Deus queira.